PortugueseEnglishSpanish

By

Repositório digital da UFRGS é reconhecido novamente como o melhor da América Latina

O Repositório da Ufrgsn saltou seis posições em relação à última classificação, feita em janeiro do ano passado. Foto: Ramon Moser

O Repositório da Ufrgsn saltou seis posições em relação à última classificação, feita em janeiro do ano passado. Foto: Ramon Moser

O Lume, banco de teses, dissertações, artigos e trabalhos acadêmicos da UFRGS, foi apontado, por mais um ano, como o melhor repositório digital da América Latina. Além de confirmar essa posição, o repositório saltou do 17º (janeiro de 2014) para o 11º posto na classificação mundial do Ranking Web of Repositories, atualizado em janeiro deste ano e que avalia os acervos digitais de acesso à produção acadêmica e científica.

O ranking é uma iniciativa do Cybermetrics Lab, grupo de pesquisa do Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), ligado ao Ministério de Educação da Espanha, que tem o objetivo dar visibilidade à produção institucional e valorizar as iniciativas de livre acesso às publicações.

Amplo acervo

O repositório da UFRGS conta com mais de 22 mil teses e dissertações, defendidas na Universidade, além de 11,3 mil trabalhos de conclusão de curso de graduação e 3,2 mil trabalhos de conclusão de especialização. Estão disponíveis mais de 11 mil artigos de periódicos, centenas de livros e capítulos de livros, e, ainda, cerca de 23 mil trabalhos apresentados em eventos.

Fonte: UFRGS Notícias

By

Tese de doutorado desenvolvida na Zootecnia da UFRGS ganha prêmio nacional

Tese de doutorado de Hani Mohammed Mohammed El-Zaiat recebe o prêmio "Octávio Domingues".Imagem: CNPq

Tese de doutorado de Hani Mohammed Mohammed El-Zaiat recebe o prêmio “Octávio Domingues”. Imagem: CNPq

A tese de doutorado defendida pelo aluno Hani Mohammed Mohammed El-Zaiat em 2013 foi selecionada para receber o prêmio “Octávio Domingues”, atribuído pela Sociedade Brasileira de Zootecnia. O trabalho do jovem profissional egípcio, que cursou graduação e mestrado na Universidade de Alexandria, se intitula “Efeito da inclusão de nitrato na dieta sobre a fermentação ruminal, a emissão de metano entérico e o desempenho de ovinos”, e foi orientado pelo professor Harold Ospina Patino do Programa de Pós-graduação em Zootecnia da UFRGS. A entrega da premiação acontecerá no dia 29 de julho durante a cerimônia de abertura da 51ª Reunião da SBZ.

 

Fonte: Ufrgs Notícias