ALIMENTAÇÃO, NUTRIÇÃO E POLÍTICAS PÚBLICAS

Nível: Mestrado Acadêmico

Carga Horária: 45     Creditos: 3

Professoras: Ilaine Schuch, Ana Beatriz Almeida de Oliveira e Raquel Canuto.

Ementa: apresentar o cenário histórico e contexto político da emergência do campo da Alimentação e Nutrição em Saúde Coletiva no Brasil. Discutir as principais ações, programas e políticas de alimentação e nutrição vigentes no Brasil, suas bases teóricas, seus mecanismos de gestão e seus indicadores de monitoramento e avaliação. Relacionar o cenário e as ações, programas e/ou políticas nacionais com o panorama internacional. Discutir as novas perspectivas para a temática da alimentação e nutrição nas políticas públicas.

Conteúdo Programático:

  • Cenário histórico e contexto político da emergência do campo da Alimentação e Nutrição em Saúde Coletiva no Brasil.
  • Conceitos e teorias de análise de políticas públicas.
  • Indicadores populacionais de avaliação e monitoramento em alimentação e nutrição.
  • Planejamento e gestão de ações, programas e políticas de alimentação e nutrição.
  • Estudo comparado das ações, programas e políticas de alimentação e nutrição no âmbito da Saúde e da Segurança Alimentar nacional e internacionalmente.
  • Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT) e epidemiologia dos agravos nutricionais em trabalhadores.
  • Promoção em saúde do trabalhador e intervenções para mudanças de hábitos alimentares e de vida em trabalhadores.

Metodologia de trabalho: seminários de discussão de textos e aulas expositivas e dialogadas.

Avaliação: participação nas discussões e apresentação de seminários; entrega de artigo relativo relacionado a um tema abordado no transcorrer da disciplina.

Bibliografia:

  • Bosi, M. L. M.; Prado, S. D. Alimentação e Nutrição em Saúde Coletiva: constituição, contornos e estatuto científico. Ciência e Saúde Coletiva (Impresso) v. 16, p. 7-17, 2011.
  • Brasil, Portaria Interministerial Nº 66, - Altera os parâmetros nutricionais do Programa de Alimentação do Trabalhador – PAT- 2006.
  • FAO. The state of food and agriculture. Innovation in family farming. Rome, 2014.
  • Hughes R and Margetts B M. Practical Public Health Nutrition. Wiley-Blackwell, New England, 2011.
  • L’Abbate, S. As Políticas de Alimentação e Nutrição no Brasil I. Período de 1940 a 1964. Revista Nutr. PUCCAMP, Campinas, 1(2):87-138, jul./dez., 1988.
  • L’Abbate, S. As políticas de alimentação e nutrição no Brasil II. A partir dos anos setentas. Revista de Nutr. PUCCAMP, Campinas, 2(1):7-54, jan./jun., 1989.
  • Minayo, C.; Machado, J. M. H.; Pena, P. G. L. Saúde do Trabalhador na Sociedade Brasileira Contemporânea. Editora FIOCRUZ. 450 p, 2011.
  • Sheila Chander Vir. Public Health Nutrition in Developing Countries. Woodhead, New Delhi, 2011.
  • Stoppelli Imbs, Magalhães CP. Saúde e segurança alimentar: a questão dos agrotóxicos, 2005. Ciência & Saúde Coletiva, 10 (sup):91-100, 2005.
  • Teixeira C (org.) Planejamento em Saúde: conceitos, métodos e técnicas. Salvador: EDUFBA, 2010.
  • Willet W. Nutritional Epidemiology 3rd edition. Oxford University Press, New York, 2013.