Você está aqui: Página Inicial ANTROPOLOGIA DA SAÚDE

ANTROPOLOGIA DA SAÚDE

Ementa:

Contextualizar o campo da antropologia e suas contribuições à área da saúde. Abordagens metodológicas em antropologia da saúde. Panorama mundial e nacional dos estudos em antropologia, com ênfase para alguns temas específicos em saúde.

 

Bibliografia:

1. GEERTZ, C. A Interpretação das Culturas. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1989. 2. GOOD, B.J. Medical Anthropology and the Problem of Belief. In: Medicine, rationality, and experience (B.J. Good). Cambridge: Cambridge Univ. Press, 1994. p. 1-24. 3. KLEINMAN, A. Concepts and a Model for the Comparison of Medical Systems as Cultural Systems. Social Science and Medicine, v. 12, p. 85-93, 1973. 4. LANGDON, E.J. Cultura e os Processos de Saúde e Doença. In: Annais do Seminário Cultura, Saúde e Doença (L.S. Jeolás & M. Oliveira, org.). Londrina, Ministério da Saúde; Universidade Estadual de Londrina e Secretaria Municipal de Ação Social/Prefeitura Municipal de Londrina, 2003. p. 91-107. 5. LANGDON, E.J.; FOLLÉR, M.-L.; MALUF, S.W. Um balanço da antropologia da saúde no Brasil e seus diálogos com as antropologias mundiais. Anuário Antropológico [Online], v. I, p. 50-89, 2012. 6. MENÉNDEZ, E. Modelos de atención de los padecimientos: de exclusiones teóricas y articulaciones prácticas. Ciência & Saúde Coletiva, v. 8, n. 1, p. 185-208, 2003. 7. YOUNG, A. Some Implications of Medical Beliefs and Practices for Social Anthropology. American Anthropologist, v. 78, n. 1, p. 5-24, 1976.

Disciplina não obrigatória