Você está aqui: Página Inicial PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERÁPICOS EM SAÚDE PÚBLICA

PLANTAS MEDICINAIS E FITOTERÁPICOS EM SAÚDE PÚBLICA

Ementa:

A disciplina aborda os fundamentos da fitoterapia racional e discute as possibilidades de sua implementação em saúde pública no Brasil, considerando: os indicadores de saúde; a Política de Assistência Farmacêutica, o contexto sócio-cultural e econômico do país; os preceitos básicos de garantia de segurança, eficácia e qualidade de medicamentos. São discutidos legislação e métodos para busca, avaliação e compilação da informação científica na área de fitoterápicos e plantas medicinais, bem como a extensão do uso tradicional de plantas medicinais no país e o seu papel como recurso terapêutico no Brasil.

Bibliografia:

1.BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares no SUS – PNPIC-SUS / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2006 2.BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. A Fitoterapia no SUS e o Programa de Pesquisas de Plantas Medicinais da Central de Medicamentos / Ministério da Saúde, Secretaria de Ciência Tecnologia e Insumos Estratégicos, Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Brasília: Ministério da Saúde, 2006. 3.BRASIL, Ministério da Saúde. Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Política Nacional de Plantas Medicinais e Fitoterápicos / Ministério da Saúde, Secretaria de Ciência Tecnologia e Insumos Estratégicos, Departamento de Assistência Farmacêutica e Insumos Estratégicos. Brasília: Ministério da Saúde, 2006 4.BRUNETON, Jean. Fitoterapia. Zaragoza: Acribia, 2004. 5.DERMARDEROSIAN, A.; BEUTLER, J. A. (Ed) The Review of Natural Products: the most complete source of natural product information. 7. ed. St. Louis: Facts and Comparisons, 2012. 6.D’IPPOLITO, J. A. C.; ROCHA, L. M.; SILVA, R. F. Fitoterapia Magistral: um guia prático para a manipulação de fitoterápicos. São Paulo: ANFARMAG, 2005 7.ESCOP Monographs: the scientific foudation for herbal medicinal products. 2. ed. Exeter: ESCOP, 2003. 8.HARKNESS, R.; BRATMAN, S. MOSBY’S Handbook of Drug-Herb and Drug-Supplement Interactions. St. Louis: Mosby, 2003. 9.KRINSKY, D. L. et al. Natural Therapeutics Pocket Guide. 2. ed. Hudson: Lexi-Comp, 2003. 10.BRASIL. Fundação Osvaldo Cruz / Farmanguinhos. Monografias de plantas medicinais brasileiras e aclimatadas / Benjamin Gilbert; José Luiz pinto Ferreira; Lúcio Ferreira Alves. Curitiba: Abifito, 2005 Índices de Referência e Sites na Internet 11.AMED (Alternative and Allied Medicine Database): http://www.bl.uk/services/stb/amed.html 12.ISI - International Scientific Information (Web of Science - CAPES/FAPESP): http:/www.webofscience.fapesp.br 13.RCCM - Research Council for Complementary Medicine: http://www.rccm.org.uk 14.CISCOM - The Centralised Information Service for Complementary Medicine (+444 0101 833 8897) 15.COCHRANE LIBRARY - The Cochrane Complementary Medicine

Disciplina não obrigatória