Doutorado

O Curso de Doutorado compreende a realização de 36 (trinta e seis) créditos em disciplinas, aprovação em Exame de Qualificação, aprovação em exame de proficiência em inglês e em uma segunda língua estrangeira, além da aprovação da Tese de Doutorado em sessão pública.

Áreas de Concentração

Segurança, Integração e Desenvolvimento

A área de concentração do novo programa de pós-graduação proposto pela UFRGS é consistente com mais de dez anos de pesquisas, orientações, ensino e produção científica dos professores do programa acerca dos problemas do desenvolvimento socioeconômico, da integração política regional e da segurança internacional. Longe de meramente justapor três tópicos centrais na trajetória dos países e grupos sociais de fora do núcleo orgânico do capitalismo, trata-se de esforço consciente e perseverante de produzir explicações e descrições adequadas acerca dos desafios colocados pelo crescimento do poder e da riqueza relativa dos chamados países austrais no século XXI. Com três linhas de pesquisa que refletem a coesão temática do projeto e ao mesmo tempo as competências especificas do corpo docente, a área de concentração em desenvolvimento, integração e segurança permite a formação de mestres e doutores especializados nos temas e regiões mais dinâmicos do mundo contemporâneo.

Linhas de Pesquisa

Economia Política Internacional

As pesquisas abarcadas por esta linha relacionam-se à questão da inserção internacional da economia brasileira e de outros grandes países em desenvolvimento na América do Sul, Ásia e África, as características e efeitos da globalização, estudos comparados, estudos setoriais preocupados com os efeitos da internacionalização de empresas e segmentos produtivos, dentre outros. Especial atenção é dada à s crises financeiras internacionais e seu reflexos no Brasil e nos demais países do Sul.

Política Externa e Integração Regional

Esta linha de pesquisa enfatiza a análise do processo de formação, implementação e avaliação de política externa, tanto em perspectiva histórica quanto sincronica. Destacam-se, no âmbito da linha de pesquisa, os estudos acerca da história da política externa brasileira no período republicano. Por meio de Análise de Política Externa Comparada, procurase ainda confrontar padrões de inserção internacional de países estrategicos da América do Sul, África e Ásia, considerando como parâmetros de comparação os padrões institucionais, a política comercial dos países, estruturas de intermediação de interesses e atuação de grupos de interesses e outros atores da sociedade civil no eixo sul-sul das relações internacionais contemporaneas.

Tecnologia, Estado e Segurança Internacional

O tema central da linha de pesquisa é a relação entre a distribuição de poder entre as principais potências no mundo pós-Guerra Fria e as dinâmicas regionais de segurança. Compreender as bases regionais da segurança internacional é crucial para o Brasil, em função da prioridade concedida à cooperação sul-sul na política externa do país e também para a definição das expectativas, prioridades e padrões de relacionamento multilateral e bilateral em diferentes arenas do sistema internacional. O objetivo principal desta linha de pesquisa é estudar de maneira comparativa os principais problemas de segurança no sistema internacional a partir de uma perspectiva que leva em conta a agenda e a distribuição de capacidades entre os Estados mais poderosos no nível global de análise (Grandes Potências), mas que introduz de maneira sistemática o problema das balanças regionais de poder, o eixo sul-sul e a existência de complexos regionais de segurança. Uma condição variavel que afeta as relações entre capacidade militar e seguranca gura em torno do impacto das tecnologias de informação na Era Digital, tema que certamente merece um esforço de pesquisa especifico no ambito dessa linha de pesquisa.

Disciplinas

EEI 01 (D)

Seminário de Tese
Análise e discussão coletiva dos projetos de tese em seus aspectos formais e de conteúdo. Abordagem dos aspectos teóricos e metodológicos da pesquisa e da lógica do procedimento científico. Discussão sobre os procedimentos investigativos e sua relação com os referenciais teóricos e concepções epistemológicas.

EEI 03 (M/D)

Estudos de Economia Política Internacional
Estudo dos principais tópicos e teorias da Economia Política Internacional. Os tópicos estudados abrangem as principais teorias da economia política internacional, os determinantes dos arranjos econômicos e políticos mundiais, o sistema comercial, o sistema monetário e financeiro, as instituições e organizações de governança, as multinacionais, a mundialização capitalista, a hierarquia mundial de riqueza e poder e o papel dos Estados nacionais.

EEI 04 (M/D)

Estudos de Política Internacional
Estudo do sistema mundial pós-Guerra Fria, dos macroprocessos estratégicos, dos atores e do meio internacional. Análise das relações interestatais, do processo decisório em política externa, das estratégias, das relações de conflito e de cooperação. Análise dos polos de poder, da multilateralização, da integração regional e da Cooperação Sul-Sul.

EEI 05 (M/D)

Estudos de Segurança Internacional
A disciplina de Segurança Internacional apresenta os elementos analíticos básicos para o estudo do uso da força nas Relações Internacionais. Ela é uma disciplina de panorama que expõe os alunos à leitura, reflexão e exercício das possibilidades de usos da força como instrumento de política externa estatal e de outros atores internacionais

EEI 06 (M/D)

Pesquisa em Estudos Estratégicos Internacionais
Estudo de controvérsias teóricas importantes na área de Estudos Estratégicos Internacionais, critérios para a avaliação de programas de pesquisa e reflexão crítica sobre os métodos e técnicas de pesquisa.

EEI 07 (M/D)

Comércio internacional
Estudo da economia política do comércio internacional. Os tópicos discutidos incluem as teorias do livre comércio, as perspectivas protecionistas, a visão da CEPAL, a liberalização comercial, as relações entre comércio e desenvolvimento econômico, a integração comercial e a formação de blocos comerciais, as políticas comerciais, acordos comerciais e avaliações de padrões recentes de trocas entre países e blocos econômicos.

EEI 08 (M/D)

Finanças internacionais
Estudo da economia política das finanças internacionais. Os tópicos estudados incluem a integração dos mercados financeiros, a liberalização financeira, o sistema mundial de pagamentos, os regimes cambiais, os fluxos financeiros, a balança de pagamentos, crises cambiais e financeiras, as instituições financeiras mundiais, a mundialização financeira e as relações entre sistema financeiro e crescimento econômico.

EEI 09 (M/D)

Integração Econômica Regional
Estudo da economia política da integração regional. Os tópicos discutidos incluem experiências históricas e atuais de cooperação econômica e interdependência, acordos comerciais, cooperação técnica e tecnológica, fluxos migratórios, padrões de investimento regional e estudos de caso de experiências nacionais.

EEI 10 (M/D)

Teorias do Imperialismo
Estudo sobre as teorias do imperialismo. Os tópicos discutidos incluem as teorias marxistas clássicas e contemporâneas, as relações entre imperialismo, capitalismo, mercantilismo e colonialismo, a abordagem conservadora, a visão liberal, as teorias políticas, a perspectiva schumpeteriana e estudos de caso históricos e atuais.

EEI 11 (M/D)

Desenvolvimento Econômico Comparado
Estudo, sob uma perspectiva internacional, da economia política do desenvolvimento econômico comparativo e da sustentabilidade social e ambiental. Os tópicos abordados incluem processos histórico-comparativos de desenvolvimento econômico entre os países, o papel da agricultura no processo de desenvolvimento, a relação entre desenvolvimento e preservação ambiental, pobreza e meio ambiente, exaustão dos recursos naturais, os impactos ambientais de planos de desenvolvimento econômico e os acordos internacionais de sustentabilidade.

EEI 12 (M/D)

Integração Regional
Análise dos processos de integração regional sob seus aspectos políticos e socioeconômicos. Análise das limitações e as oportunidades impostas pelo sistema internacional e pelo jogo das potências. A integração regional e seus diferentes modelos na Europa, na Ásia, na África e na América.

EEI 13 (M/D)

Inserção estratégica do Brasil
Estudo da Política Externa Brasileira do paradigma diplomático agroexportador ao industrial. Análise dos avanços e recuos do nacional-desenvolvimentismo e da reorientação diplomática do Regime Militar brasileiro. Análise das mudanças na matriz da Política Externa Brasileira nos anos 1980 e do Refluxo diplomático e da abertura neoliberal nos anos 1990. Estudo dos padrões, processos e condicionantes da inserção internacional do Brasil no atual sistema internacional.

EEI 14 (M/D)

Inserção estratégica da África
Estudo das independências e do sistema neocolonial de Estados. Análise das perspectivas de consolidação e de desenvolvimento, dos conflitos regionais e da “década perdida”. Análise da marginalização e da reafirmação africana nos anos 1980-90 e do sistema diplomático interafricano. Análise de problemas relacionados aos obstáculos estruturais da região e avanços recentes. A União Africana e a inserção global da África.

EEI 15 (M/D)

Inserção estratégica da Ásia
Estudo dos determinantes históricos, das estratégias de desenvolvimento e dos principais processos políticos dos Estados asiáticos. Análise da reemergência asiática e da construção de uma atuação regional concertada. Análise da geopolítica de energia e o seu impacto internacional, do desenvolvimento asiático, da autonomia estratégica e da multipolaridade. Análise de problemas relacionados aos obstáculos estruturais da região e dos avanços recentes.

EEI 16 (M/D)

Inserção estratégica da América Latina
Estudo da evolução política dos Estados latino-americanos, da formação de seu sistema diplomático e de sua inserção política e econômica mundial. Análise dos processos de integração latino-americanos e dos problemas relacionados aos obstáculos estruturais da região, bem como os avanços recentes.

EEI 17 (M/D)

Novas Potências e Novos Atores no Sistema Internacional
Estudo da emergência das novas potências integrantes do BRICS, abordando a projeção da China, da Índia, da Rússia, do Brasil, da África do Sul e das Organizações Internacionais que esses Estados estruturaram para contribuir para a construção um sistema mundial multipolar. Serão abordados, igualmente, novos atores das relações internacionais como redes terroristas e de narcotráfico, ONGs ambientalistas e de direitos humanos, redes de cidades e regiões, bem como movimentos sociais transnacionais.

EEI 18 (M/D)

Inteligência Governamental na Guerra e na Paz
Atividades de inteligência constituem uma dimensão informacional de conflitos antagônicos (Clausewitz). Seu estudo é parte do currículo de Estudos Estratégicos. Esta disciplina discute: a) Fundamentos conceituais para uma teoria dos engajamentos em atividades de inteligência. b) História da atividade de inteligência desde o começo do século XX. c) Inteligência e guerra: aspectos estratégicos, operacionais, tecnológicos e analíticos. d) Inteligência e política internacional: operações de paz, diplomacia e o problema das operações encobertas.

EEI 19 (M/D)

Desenvolvimento, Tecnologia e Política Industrial

Por serem comercializáveis internacionalmente e por embutirem conteúdo tecnológico que se dissemina para outros setores produtivos, os bens industriais são potencialmente objetos de conflitos entre as políticas nacionais de desenvolvimento. A disciplina busca tratar dos fundamentos teóricos da organização e do desenvolvimento industrial e tecnológico, bem como da teoria e práticas das políticas industriais, das estratégias de industrialização e seu impacto nas relações internacionais.

EEI 20 (M/D)

Estados e Regimes Internacionais
Estudo dos Regimes Internacionais em seus aspectos teórico-conceituais. Os Regimes Internacionais e as novas relações de poder. Os Regimes Internacionais e a Governança Global. Os Regimes Internacionais e as instituições internacionais. Análise dos obstáculos e desafios contemporâneos às relações internacionais.

EEI 21 (M/D)

Digitalização e Guerra Local
A disciplina estuda o impacto da digitalização sobre a guerra em suas diversas dimensões. Principalmente, na esfera da doutrina, das operações e da correlação de forças no sistema internacional.

EEI 22 (M/D)

Análise de Segurança Internacional
A disciplina busca qualificar o aluno na apreciação das capacidades militares como elemento da política internacional, utilizando dos vários insumos do campo dos Estudos Estratégicos, como: estudos de história da guerra, análise tática, pensamento estratégico e da Teoria da Guerra de Clausewitz.




Webmaster: Eduardo Samrsla
© 2012 Programa de Pós-Graduação em Estudos Estratégicos Internacionais
Universidade Federal do Rio Grande do Sul