PIE00022 - Projetos: Desenvolvimento de Software para Ambientes Imersivos IX (turma LI)

Súmula:

Aprendizagem em ambiente virtual imersivo 3D. Ferramentas de autoria para o projeto e desenvolvimento de objetos para o ambiente imersivo Open Simulator. Desenvolvimento de scripts para animação e interatividade dos objetos de aprendizagem no ambiente OpenSim. Linguagem LSL – Linden Scripting Language e OSSL – Open Sim Scripting Language. Interoperabilidade entre o ambiente OpenSim e seus avatares com objetos e sistemas externos.

Objetivos:

Investigar, projetar e testar soluções de interoperabilidade entre o ambiente do mundo virtual Open Sim e sistemas externos. Ferramentas e linguagens de autoria para desenvolvimento de laboratórios virtuais no ambiente imersivo OpenSimulator.

Programa (conteúdo):

• Aprendizagem em ambiente virtual imersivo 3D
• Operação e funcionamento da comunicação do ambiente imersivo Open Simulator com sistemas externos
• Ferramentas de autoria para a criação de objetos para o ambiente imersivo OpenSim
• Linguagens de desenvolvimento de scripts para o ambiente OpenSim
• Protocolos e soluções para interoperabilidade do ambiente OpenSim com outros ambientes.
• Interatividade com sistema externos (chaterbots e aplicativos específicos para acompanhamento das atividades desenvolvidas no ambiente virtual)
• Apropriação de objetos 3D construídos externamente mediante scaneamento em 3D e construção/ edição dos objetos a serem incorporados ao mundo virtual
• Tratamento dos dados derivados da atividade no ambiente virtual imersivo 3D usando técnicas de mineração de dados

Método de trabalho (principais atividades):

• Estudo da linguagem LSL – Linden Scripting Language e OSSL – Open Sim Scripting Language para desenvolvimento de rotinas a serem acopladas aos objetos no ambiente OpenSim.
• Projeto e desenvolvimento de objetos para uso educacional no ambiente imersivo OpenSim ou em outros ambientes imersivos.
• Discussão sobre o potencial pedagógico dos objetos desenvolvidos
Produção de conhecimento (publicações e artefatos para uso em laboratórios virtuais)

Procedimentos e/ou critérios de avaliação:

A avaliação será derivada da participação ativa dos alunos no processo de reflexão colaborativa sobre a tecnologia inerente aos ambientes imersivos bem como pelas produções que serão solicitados a desenvolver.

Bibliografia sugerida:

• Childs, Mark, Peachey, Anna. Understanding Learning in Virtual Worlds. Series: Human–Computer Interaction Series. Springer. 2013
• David Griol, José Manuel Molina and Zoraida Callejas . An approach to develop intelligent learning environments by means of immersive virtual worlds. Journal of Ambient Intelligence and Smart Environments. 6 (2), pp. 237-255 2014
• E-iED 2014 4rd European Immersive Education Summit Proceedings. Vienna 2014
• Greenbush Labs. Scratch 4 Opensim. Disponível em http://blog.greenbushlabs.com/?p=797
• Heaton, Jeff. Introduction to Linden Scripting Language for Second Life. 2007. Heaton Research
• IED 2012 . Proceedings 2nd European Immersive Education Summit. Paris 2012
• IED 2014. Proceedings of the 3rd European Immersive Education Summit. London 2013.
• Immersion 2015 - 5th European Immersive Education Summit (EiED 2015) – Proceedings. Paris 2015 5th European Immersive Education Summit (EiED 2015)
• Immersive Learning Research Network. Second International Conference ILRN 2016. Santa Bárbara-CA 27/Junho a 1/Julho 2016
• Jonassen, David. Learning with technology - a constructivist perspective. Edição 4 Prentice-Hall. 2011.
• Mayer, Richard E. Applying the Science of Learning. Pearson 2010
• Moore, Dana. Scripting Your World: The Official Guide to Second Life Scripting. Wiley 2008
• OpenSimulator. Disponível em http://opensimulator.org/wiki/Main_Page
• Peachey, Anna et al. Researching Learning in Virtual Worlds. Springer 2010

Professor responsável: Liane Margarida Rockenbach Tarouco

Horário: Quarta-feira - das 14h às 16h

Semestre: 2017/1

Créditos: 2

Local: Sala 331 - Laboratório do CINTED

Vagas: 8 (6 vagas para alunos regulares e orientandos, 2 vagas para alunos especiais) 

Observações:

A disciplina envolve intenso uso de programação e demanda capacitação e interesse em trabalhar com ferramentas de autoria voltadas para a programação nas linguagens LSL – Linden Scripting Language e OSSL – Open Sim Scripting Language.

ATENÇÃO: alunos especiais (PEC) devem solicitar a matrícula para o professor desta disciplina no e-mail: liane@penta.ufrgs.br