PIE00021 - Seminário Avançado: Cognição e Processos de Subjetivação

Súmula:

A disciplina visa apresentar e discutir alguns dos pressupostos teóricos e filosóficos que sustentam a relação entre tecnologias, cognição e processos de subjetivaçao. Retoma conceitos Bergson, passando pela Biologia do Conhecer de Humberto Maturana e pela Teoria Enativa, de Francisco Varela. Debate o quanto essas abordagens da cognição se articulam ao pensamento da Psicologia Social e da Educação.

Objetivos:
- discutir como algumas pistas da filosofia bergsoniana se relacionam com as teorias advindas da autopoiese e enação;
- retomar os estudos de Francisco Varela sobre a consciência, a experiência, as emoções e o tempo;

- articular os pressupostos teóricos das teorias cognitivas da escola chilena com o pensamento da Psicologia Social e da Educação.


Programa (conteúdo):
(Semanas 1-4) Título: Autopoiese: organização do vivo
Conteúdo:
- autopoiese; 
- organização e estrutura;
- acoplamento estrutural;
- percepção - configuração do mundo pela ação; 
- linguajar e emocionar.
(Módulo para alunos da graduação/ Facultativo para alunos do PPG)

(Semanas 5-10) Título: Cognição e vida
Conteúdo:
- elan vital;
- duração;
- memória.

(Semanas 11-15) Título: Enação - configuração de si e do mundo 
Conteúdo:
- consciência,
- experiência, 
- emoções,
- tempo.

(Semanas 16-18) Título: Ecologias e políticas cognitivas
Conteúdo:
- redes sociotécnicas e cognição; 
- cognição como políticas de constituição de si e do mundo; 
- a potência virtual.

Método de trabalho (principais atividades):
Seminário a partir da discussão de leituras, aulas expositivas e atividades de grupo. Experiência prática com o jogo locativo "Um dia no jardim botânico" para subsidiar a discussão das redes sociotécnicas e a cognição.

Procedimentos e/ou critérios de avaliação:
Presença e pontualidade. Atividade em grupo. Participação em sala de aula demonstrando as leituras realizadas. Qualidade dos comentários críticos realizados em relação aos textos de referência.




Bibliografia sugerida:

Bergson, H., & Armiño, M. (2004). Memoria y Vida: textos escogidos por Gilles Deleuze. Alianza Editorial.
Bergson, H. (2010). Matéria e memória: ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. WMF M. Fontes.
Deleuze, G., & Orlandi, L. B. (1999). Bergsonismo. Editora 34.
Dupuy, J. P. (1996). Nas origens das ciências cognitivas. São Paulo: UNESP.
Maturana, H., & Varela, F. (1995). A árvore do conhecimento. Campinas: Psy.
Varela, F. J. Depraz, N. (2005). At the source of time: Valence and the constitutional dynamics of affect: The question, the background: How affect originarily shapes time. Journal of Consciousness Studies, 12(8-10), 61-81.
Varela, F., Thompson, E., & Rosch, E. (2003). A mente incorporada: ciências cognitivas e experiência humana. Porto Alegre: Artmed.
Depraz, N., Varela, F. J., & Vermersch, P. (Eds.). (2003). On becoming aware: A pragmatics of experiencing (Vol. 43). John Benjamins Publishing.


Professor responsável: Cleci Maraschin

Linha de pesquisa: Interfaces Digitais em Educação, Arte, Linguagem e Cognição

Natureza: Seminário Avançado

Carga horária: 60

Créditos: 4