PIE00022 - Projeto e Desenvolvimento de Agentes Conversacionais I (turma A1) - Profª. Liane Margarida Rockenbach Tarouco

Linha de Pesquisa: Ambientes Informatizados e Ensino a Distância

Código da Disciplina: PIE00022

Título da Disciplina: Projeto e Desenvolvimento de Agentes Conversacionais I 

Professora Responsável: Profª. Drª. Liane Margarida Rockenbach Tarouco

Disciplina destinada a:

  • Alunos Regulares do PPGIE
  • Outros PPGs da UFRGS
  • Orientandos
  • Alunos Especias

Dia da semana: terças-feiras

Horário: 14:00 – 15:00

Créditos: 2

Carga-horária: 30h/a

Data de início da disciplina (primeira aula): 21/03/2017

Data de término da disciplina (última aula): 11/07/2017

Local: Laboratório do PGIE – Sala 331

Súmula/ementa: Estudo e implementação de agentes conversacionais como elemento de suporte na aprendizagem em ambientes mediados pela Web. Será estudado como exemplo de implementação o ambiente ALICE (Artificial Linguistic Internet Computer Entity) como máquina de inferência para o sistema. O agente visa proporcionar informações de apoio, suporte, conhecimento e realimentação para alunos de cursos mediados pelo AVA Moodle, tanto presenciais como a distância.

Objetivos: Investigar, projetar e testar soluções para a implementação de agentes conversacionais com vistas a proporcionar informações e realimentação a alunos em cursos presenciais e a distância.

Programa (conteúdo):

  • Agentes conversacionais – características e implementações usando interação textual e geração sintetização de voz
  • O ambiente ALICE (Artificial Linguistic Internet Computer Entity) para implementação de agente conversacional
  • Ambiente de autoria para criação da base de conhecimento do agente
  • A linguagem AIML – Artificial Intelligence Markup Language
  • Integração de multimídia na interação com o agente conversacional
  • Interoperabilidade entre o agente conversacional e outros sistemas (AVA, Banco de dados etc...)
  • Processo de construção da base de conhecimento a ser usada pelo agente conversacional
  • Monitoração e avaliação da interação com o agente conversacional

Método de trabalho (principais atividades):

  • Estudo das estratégias de implementação de agentes conversacionais e do subsídio teórico que ofereça embasamento para sua construção e uso
  • Discussão sobre o potencial pedagógico do agente conversacional das estratégias consideradas
  • Projeto e implementação de agente conversacional em coerência com as estratégias pedagógicas delineadas
  • Estudo da linguagem AIML (Artificial Markup Language) usada no agente conversacional a ser usado. Produção de conhecimento (publicações e relatórios técnicos)

Procedimentos e/ou critérios de avaliação: A avaliação será derivada da participação ativa dos alunos no processo de reflexão colaborativa sobre a tecnologia inerente aos agentes conversacionais pela sua contribuição na construção do agente conversacional.

Bibliografia recomendada:

  • Aguiar, Eliane Vigneron Barreto. Aprimoramento das habilidades cognitivas de resolução de problemas com o apoio de um agente conversacional. 2011. Tese (doutorado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Informática na Educação, Porto Alegre, BR-RS, 2011 200 pp
  • AIML. Artificial Intelligence Markup Language. Disponível em http://www.alicebot.org/aiml.htmlALICE. Artificial Linguistic Internet Computer Entity. DIsponícel em http://www.alicebot.org/aiml.html
  • FRANKLIN, S. and GRAESSER, A. Is it an Agent, or just a Program?: A Taxonomy for Autonomous Agents. En Proceedings of the Third International Workshop an Agent Theories, Architectures, and Languages (pp.21-35). London: Springer-Verlag, 1996
  • Goh, O.S., Kumar, Y.J., Choon, N.H., Leong, P.H., Safar, M. An evaluation of the conversation agent system. (2016) Lecture Notes in Computer Science (including subseries Lecture Notes in Artificial Intelligence and Lecture Notes in Bioinformatics), 9622, pp. 354-365
  • Griol, D., Molina, J.M., Callejas, Z. An approach to develop intelligent learning environments by means of immersive virtual worlds. (2014) Journal of Ambient Intelligence and Smart Environments, 6 (2), pp. 237-255
  • Leonhardt, Michelle Denise. Doroty : um chatterbot para treinamento de profissionais atuantes no gerenciamento de redes de computadores [manuscrito]. 2005. Dissertação (mestrado) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Programa de Pós-Graduação em Computação, Porto Alegre, BR-RS, 2005 110 pp
  • Leonhardt, Michelle. Castro, Daiana. Dutra, Renato. Tarouco, Liane. Elektra: Um Chatterbot para Uso em Ambiente Educacional. RENOTE v. 1, n. 2 (2003). Disponível em http://seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/14336
  • LESTER, J.; BRANTING, K. and MOTT, B. Conversational Agents. Practical Handbook of Internet Computing. M.P.Singh, ed. 2004
  • LOUWERSE, M. M.; GRAESSER,A.C.; McNAMARA, D.S. and LU,S. Embodied conversational agents as conversational partners. Applied Cognitive Psychology. 23:1244-1255 (2009).
  • Silvervarg, Annika., Jönsson, Arne. Subjective and objective evaluation of conversational agents in learning environments for young teenagers. In: 7th IJCAI Workshop on Knowledge and Reasoning in Practical Dialogue Systems. 2011. Available in http://www.ida.liu.se/~annfl97/Pub/krpds11.pdf
  • Sims, Roderick. Interactivity: A Forgotten Art?. Disponível em http://intro.base.org/docs/interact/, January 27, 1997.
  • VYGOTSKY, L. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. Martins Fontes: São Paulo, 2007
  • WALLACE, R. ALICE – Artificial Linguistic Internet Computer Entity – The A.L.I.C.E. A.I. Foundation. 1995. Disponível em: <http://alicebot.blogspot.com/> Acessado em 10 jul. 2010.
  • WALLACE, R. Artificial Intelligence Markup Language (AIML) Version 1.0.1., 2001. Disponível em: <www.alicebot.org/TR/2001/WD-aim> Acessado em 16 jul. 2010.
  • Wechsung, I., Weiss, B., Kühnel, C., Ehrenbrink, P., Möller, S. Development and validation of the conversational agents scale (cas). (2013) Proceedings of the Annual Conference of the International Speech Communication Association, INTERSPEECH