espanol    English    

Você está aqui: Página Inicial

Banner

Apresentação

O Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social e Institucional (PPGPSI) visa formar professores, pesquisadores e profissionais qualificados para o ensino e investigação de processos de subjetivação contemporâneos através da análise de diferentes práticas, discursos e instituições, contribuindo, assim, para a produção de estratégias de conhecimento e de intervenção no campo da Psicologia Social e Institucional.

A perspectiva acadêmico-científica do Programa aprecia o diálogo interdisciplinar, que se explícita na constituição do seu corpo docente, recepção de acadêmicos com diferentes formações e produções resultantes de pesquisas, dissertações e teses. Destina-se a criar e manter articulações com outros campos do conhecimento, para enriquecer o campo da Psicologia Social e Institucional, além de contribuir para o desenvolvimento social e cultural da comunidade em que está inserido.

Os projetos desenvolvidos pelo PPGPSI caracterizam-se por temas investigativos que visam analisar a experiência do sujeito contemporâneo, com destaque para o cenário brasileiro atual, com destaque para a inclusão da psicologia no campo das políticas públicas. Do ponto de vista metodológico, a estratégia de pesquisa -intervenção tem sido privilegiada. Essa estratégia enfatiza a intervenção, bem como o modo participativo de produção do conhecimento, como uma modalidade de incorporação desse conhecimento por parte das comunidades a quem se dirige. Assim, os estudos sobre os modos de subjetivação e a perspectiva da pesquisa-intervenção estão presentes nas investigações das três linhas de pesquisa que compõem o programa, as quais diferem especialmente no foco de sua produção de conhecimento, mantendo, no entanto, forte diálogo no desenvolvimento de ações em comum. É privilegiada, ainda, uma política de produção científica em rede, resultando em acordos nacionais e internacionais de cooperação emergentes de trabalhos de investigação conjunta.

O PPGPSI iniciou suas atividades em março de 1998, com o ingresso da primeira turma do curso de mestrado. O curso de doutorado foi aprovado em 2009 e iniciou suas atividades em março de 2010. Em 2013, alcançou o conceito CAPES 5, consolidando-se como um programa de excelência na área de Psicologia Social e Institucional. Atualmente tem vinte e dois professores em seu corpo docente.

 

 

Instâncias

Comissão de Pós-Graduação (COMPÓS)

Analice de Lima Palombini (Coordenadora)
Cleci Maraschin (Vice-coordenadora)
Simone Mainieri Paulon
Neuza Guareschi
Inês Hennigen

Representantes Discentes

Wanderson Vilton (Doutorado)
Marilia Saldanha da Silva (Representante Suplente do Doutorado) 
Samantha Torres (Mestrado)
Maurício Valle (Representante Suplente do Mestrado)

Secretaria

Israel Aquino (Secretário)
Eduardo Ávila,Gabriela Jungblut, Larissa Trevisol (bolsistas)
ATENDIMENTO EXTERNO: das 13h30 às 17h30.
 
Ações do documento