Você está aqui: Página Inicial A PROGESP Manual do Servidor Manual Consignação Consignação

Consignação

Consignação em Folha de Pagamento

Definição:

É o desconto efetuado na folha de pagamento do servidor por imposição legal ou mandado judicial (Consignação Obrigatória) ou por sua expressa autorização (Consignação Facultativa).


Requisitos Básicos:

A inclusão e/ou exclusão do desconto facultativo efetuado na folha de pagamento do servidor será efetuado diretamente pela consignatária.

Os órgãos e entidades da administração pública federal não tem prerrogativas de gerenciamento ou de participação nas relações jurídicas estabelecidas por contrato entre seus servidores e as pessoas de direito público ou privado consignatárias.


Informações Gerais:
  1. As Consignações em Folha de Pagamento são classificadas em Obrigatórias ou Facultativas.
  2. São Consignações Obrigatórias os descontos e recolhimentos efetuados por força de lei ou mandado judicial:
    • contribuições para o Plano de Seguridade Social;
    • contribuições para a Previdência Social;
    • pensões alimentícias;
    • imposto sobre rendimentos do trabalho (Imposto de Renda);
    • reposições e indenizações ao erário;
    • benefícios e auxílios prestados aos servidores pela Administração Pública Federal;
    • outros descontos decorrentes de mandado judicial ou por força de lei.
  1. São Consignações Facultativas as que, a CRITÉRIO DA ADMINISTRAÇÃO, se efetuam por acordo entre o servidor (consignante), o terceiro (consignatário) e a União, podendo referir-se a:
    • prestação para aquisição de imóvel residencial de órgãos da Administração Pública Federal direta e suas autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista;
    • aluguel de imóvel residencial para residência do servidor;
    • prêmio de seguro de vida do servidor relativo a entidades fechadas ou abertas de previdência privada, que operem com planos de pecúlios, saúde, seguros de vida ou renda mensal ou a seguradoras que operem com plano de seguro de vida;
    • previdência complementar do servidor relativa a entidades ou seguradoras indicadas na alínea "c" deste item;
    • mensalidades de entidades de classe representativas de servidores públicos federais;
    • mensalidades de associações, clubes ou cooperativas criados para atender os servidores públicos federais;
    • contribuições para planos de saúde relativas a entidades fechadas ou abertas de previdência privada que operem com planos de saúde;
    • amortização de juros de dívidas pessoais contraídas junto a órgãos da Administração Pública Federal direta, suas autarquias, fundações, empresas públicas e sociedades de economia mista ou a entidades fechadas ou abertas de previdência privada que operem com planos de saúde, seguro de vida ou renda mensal.
  2. Não serão efetuadas Consignações Facultativas de valor inferior a 1% (um por cento) do menor vencimento do servidor público federal, com jornada de 40 (quarenta) horas semanais, exceto se referirem a mensalidades de entidades de classe, associações, clubes ou cooperativas de consumo para servidores públicos federais.
  3. A soma mensal das Consignações Facultativas não pode exceder a 30% (trinta por cento) da remuneração do servidor.
  4. As Consignações Obrigatórias PRECEDEM as Facultativas e em nenhum caso poderá resultar saldo negativo na folha de pagamento do servidor.
 
          Previsão Legal:
  1. Artigo 45 da Lei nº 8.112, de 11/12/90 (DOU 12/12/90).
  2. Decreto nº 1.502, de 25 de maio de 1995 (DOU 26/05/95).
  3. Decreto nº 6386, de 29 de fevereiro de 2008.
  4. Decreto nº 6574, de 19 de setembro de 2008.
  5. Decreto nº 6967, de 29 de setembro de 2009.
Sobre o site | Diretivas de conteúdo | Intranet | Administração do site

Av. Paulo Gama, 110 - Reitoria - 4º andar - Campus Central - Porto Alegre/RS - CEP: 90046-900 - Fone: (51) 3308.3003
© 2010 PROGESP/UFRGS - Todos os direitos reservados.