Instrumentos de Avaliação Psicológica

A Bateria Fatorial de Personalidade
Casa do Psicólogo
NUNES, Carlos Henrique Sancineto da Silva
NUNES,Maiana F. O.
HUTZ, Claudio Simon

A Bateria Fatorial de Personalidade – BFP é um instrumento psicológico construído para a avaliação da personalidade a partir do modelo dos Cinco Grandes Fatores (CGF), que inclui as dimensões Extroversão, Socialização, Realização, Neuroticismo e Abertura para novas experiências.
Pesquisas indicam a utilidade de instrumentos para avaliação da personalidade no modelo dos Cinco Grandes
Fatores para:
• Avaliações no contexto da Psicologia do Trabalho e
Psicologia Organizacional (processos de seleção, avaliação
para planos de carreira entre outros)
• Avaliações no contexto da área de Segurança
(porte de arma) e contexto da área do Trânsito (CNH)
• Avaliações Clínicas e Psicodiagnóstico
• Orientação Profissional
• Psicologia Forense
• Psicologia Escolar e Educacional
• Avaliação Neuropsicológica
• Pesquisa
Entre seus fatores, avalia traços tais como vulnerabilidade ao sofrimento, passividade, instabilidade, nível de comunicação, dinamismo – assertividade, competência, ponderação, extroversão, nível de comunicação, empenho, realização, busca por novidade, entre outros.
Com apenas 126 itens e aplicação realizada em aproximadamente 30 minutos, o instrumento objetiva avaliar adultos a partir do Ensino Médio de todas as regiões brasileiras.
Essas características diferenciam a BFP de outros instrumentos para a avaliação da personalidade desenvolvidos em outros países e adaptados para o Brasil


   

Escala Vazquez Hutz de Avaliação de Desempenho
HUTZ, Claudio Simon (AUTOR)
VAZQUEZ, Ana Claudia Souza (AUTORA)

A Escala de Avaliação de Desempenho - EVHAD - foi construída para medir a performance de colaboradores ligados a setores de atendimento ao público. Ela originou-se de uma pesquisa organizacional realizada nos primeiros três anos de implantação de um Departamento de Recursos Humanos numa organização com 9 filiais no Brasil. Foram avaliadas funções diferenciadas em seu desempenho, incluindo cargos de chefia, quanto a sua performance, competências e críticas para o resultado do negócio relativo às práticas de Atendimento ao Cliente. A pesquisa realizada para sua validação pretendeu calibrar o instrumento para uso junto às outras ferramentas de gestão do sistema de RH implantado, as quais, alinhadas à estratégia da organização, visam fundamentar mudanças e tomadas de decisões gerenciais.

   

EFN - Escala Fatorial de Ajustamento
Emocional/Neuroticismo

HUTZ, Claudio Simon (AUTOR)
NUNES, Carlos Henrique Sancineto da Silva (AUTOR)

A Escala Fatorial de Extroversão - EFEx é um instrumento para mensurar uma importante dimensão da personalidade, associada à quantidade das relações interpessoais típicas das pessoas, tais como: nível de comunicação, altivez, assertividade e interações sociais. A escala foi desenvolvida no Brasil, considerando os valores culturais, diversidades regionais e especificidades dos quadros clínicos no país. Tais características a diferenciam de outros instrumentos para avaliação desse construto, criados em outros países e adaptados para o Brasil.

O instrumento contém:
- Manual
- Bloco de respostas
- Caderno de aplicação
- Conjunto de crivos

   

EFS - Escala Fatorial de Socialização
HUTZ, Claudio Simon (AUTOR)
NUNES, Carlos Henrique Sancineto da Silva (AUTOR)

A Escala Fatorial de Socialização - EFS, foi desenvolvida a partir de um projeto de pesquisa que visa desenvolver e validar instrumentos para a avaliação da personalidade, no Brasil, no modelo dos Cinco Grandes Fatores da Personalidade (Big-5). Este modelo se desenvolveu no contexto das teorias fatoriais da personalidade e é hoje utilizado internacionalmente tanto para a pesquisa, como para aplicações clínicas, educacionais, organizacionais e em outros contextos em que é fundamental uma avaliação confiável e abrangente da personalidade.

   

EFN - Escala fatorial de ajustamento emocional/neuroticismo
HUTZ, Claudio Simon (AUTOR)
NUNES, Carlos Henrique Sancineto da Silva (AUTOR)

Editora Casa do Psicólogo - CORREÇÃO INFORMATIZADA GRATUITA -1ª Edição CARLOS HENRIQUE S. S. NUNES E CLAUDIO SIMON HUTZ 44 páginas ISBN: 85-7396-126-0

É um instrumento que pode ser utilizado como recurso clínico para a indicação de transtornos de personalidade. Permite uma avaliação rápida e objetiva de importantes aspectos da personalidade humana: vulnerabilidade, desajustamento psicossocial, ansiedade e depressão. Faixa etária: de 16 a 50 anos, escolaridade mínima de 2º grau (ensino fundamental) incompleto.

O intrumento contém:
- Manual
- 1 Bloco de Respostas (25 FLS)
- 4 Crivos
- 2 Cadernos de Aplicação - reutilizável.

   
   

Instrumentos de Avaliação em Psicologia Positiva

   

Avaliação em Psicologia Positiva: técnicas e medidas
Editora Hogrefe – 1ª edição, ano 2016
184 páginas – ISBN 978-85-85439-33-0

Organizador: Claudio Simon Hutz

Este livro apresenta várias escalas para a avaliação de importantes variáveis na área da Psicologia Positiva, tais como Engajamento no Trabalho, Altruísmo, Autocompaixão, Amizade, Suporte Social. Essas escalas são válidas para uso no Brasil e podem ser utilizadas por pesquisadores, professores, estudantes e profissionais. Elas são apresentadas com explicações sobre como devem ser aplicadas e como os resultados devem ser interpretados.
O leitor encontrará também neste livro capítulos discutindo métodos e técnicas de avaliação da Resiliência, Mindfulness e Forças e Virtudes, além de várias outras informações atualizadas, incluindo um capítulo sobre indicadores de bem-estar subjetivo em crianças.
Trata-se de uma obra fundamental para quem trabalha ou para quem está iniciando sua formação na área da Psicologia Positiva.

Para adquirir o livro, clique aqui.

   

Avaliação em Psicologia Positiva
HUTZ, Claudio Simon (ORGANIZADOR)

Editora ARTMED - 1ª Edição, 2014 - 151 páginas ISBN: 978-85-8271-086-9

Esta obra reúne escalas para avaliação em psicologia positiva, com normas atualizadas e instruções claras sobre como aplicá-las, bem como sobre o levantamento e a interpretação dos resultados. Em cada capítulo, uma ou mais escalas são apresentadas, com explicação sobre como aplicá-las e sobre como as respostas devem ser tratadas para a obtenção de um escore bruto para o respondente. Também são apresentadas tabelas com normas, de tal forma que é possível verificar o percentil (e também o escore-padrão) correspondente a cada escore bruto.

Para adquirir o livro, clique aqui.

   
   
   
Fique por dentro dos instrumentos favoráveis e não favoráveis. Consulte aqui o site do Sistema de Avaliação de Testes Psicológicos SATEPSI do Conselho Federal de Psicologia.