GRITAM - assessoria a mulheres em situação de violência

A GRITAM - Grupo Interdisciplinar de Trabalho e Assessoria para Mulheres - tem como objetivo prestar assessoria judicial e extrajudicial em demandas relacionadas à violência de gênero, buscando a garantia dos direitos humanos e do acesso à justiça, além de fomentar o acesso à informação como instrumento de autonomia e empoderamento das mulheres (cis, trans e travestis).

A necessidade de trabalhar com direitos de gênero fundamenta-se pelas condições históricas de vulnerabilidade social a que as mulheres estão expostas, as quais se refletem em violências cotidianas. Nesse sentido, a violência de gênero contra as mulheres compreende problema social grave que não se restringe ao âmbito privado.

Entendemos que essas violências são consequências de opressões estruturais – raça, gênero, classe e sexualidade – que são pautadas através de uma lógica sociocultural construída por e para homens, a qual institui posição de autoridade desses sobre mulheres. O patriarcado, nesse tocante, é sustentado não só pelo machismo, mas também por vieses heteronormativos, cissexistas, racistas, classistas, gordofóbicos, capacitistas.

Assim sendo, buscamos atuar nestas questões específicas, subvertendo essa lógica: procurando agir horizontalmente, na busca coletiva de soluções para as situações de violência experienciadas, promovendo o diálogo sobre a estrutura das relações supracitadas e a construção da autonomia e empoderamento das mulheres.

A seleção de novas pessoas ocorre semestralmente, junto com a seleção unificada do SAJU/UFRGS.

Teremos como horários de atendimento: segundas-feiras, das 17h às 19h e sábados, das 9:00 às 13:00.

E-mail para contato da GRITAM: gritam.saju@gmail.com