UFRGS de A a Z
EEnf/SCol
Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Grupos de pesquisa
Em defesa da democracia e do SUS
Novidades
Você sabia que agora os Sanitaristas são  formados ao nível de graduação?
    Sanitaristas são profissionais de nível superior que atuam em diversas atividades de sistemas e serviços de Saúde. Atuando profissionalmente no Brasil desde muitas décadas, os Sanitaristas têm realizado a sua formação e obtido sua habilitação ao nível de pós-graduação (Especialização/ Residência, Mestrado, Doutorado).
O campo interdisciplinar da Saúde Coletiva tem possibilitado modificações, inovações substanciais e novos desafios, tanto em termos de formação, quanto de atuação profissional dos Sanitaristas.A formação do Sanitarista ao nível da graduação é uma das respostas  para o enfrentamento dos desafios de se constituir maior integralidade de práticas (interprofissionalidade, interdisciplinaridade etc.), aliado ao desenvolvimento de senso ético e de competências (políticas, técnicas, administrativas etc.) pertinentes com os princípios e diretrizes das políticas públicas de saúde e se produzir uma pedagogia crítica e construtiva, geradora de mais autonomia e responsabilidade para com o interesse público -  a partir de uma proposta pedagógica inovadora, de caráter polivalente e natureza essencialmente interdisciplinar.
     Trata-se da formação de um profissional com base sólida e competência para ingressar e atuar no campo profissional. O bacharelado em Saúde Coletiva tem a duração de quatro anos e uma carga horária de 3.200h, das quais, 600h de estágios em serviços de saúde.
.
  Os docentes dos cursos de graduação e pós-graduação em Saúde Coletiva da UFRGS lançaram no ano passado um manifesto em defesa do SUS  e contra o golpe ao Estado Democrático de Direito.
   É bastante preocupante a situação política do país, com a proliferação de iniciativas governamentais e parlamentares que restringem o conjunto de direitos sociais conquistados pela população brasileira e que constrangem o financiamento de políticas públicas.
Os professores de Saúde Coletiva da Ufrgs reiteram a sua disposição e empenho para lutar em defesa do SUS, da Universidade pública. pela garantia dos direitos sociais e de suas respectivas políticas públicas e pela redemocratização do país
Término do mandato Comgrad
No dia 31/05 encerra o mandato da atual Comgrad que, a parrtir de junho, deverá ser substituída por nova composição aprovada por unanimidade em Assembleia da Comunidade Acadêmica da Saúde Coletiva.
Clique no link abaixo para acessar a mensagem de prestação de contas e agradecimentos:
Mestrado em Saúde Coletiva
Eventos
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Escola de Enfermagem
Curso de Bacharelado em Saúde Coletiva -
Rua São Manoel, 963,  Bairro: Rio Branco - CEP: 90620-110.  Porto Alegre-RS
Telefone: (51) 3308-5233. E-mail: saudecoletiva@ufrgs.br
Laboratório de Apoio Integrado em Saúde Coletiva
    Veteranos recebem Calouros
   Por ocasião da abertura do semestre letivo, os Veteranos do segundo semestre saudaram os Calouros do curso apresentando um texto de boas vindas e, em seguida, realizaram uma atividade de acolhimento.
Bacharelado em Saúde Coletiva
Bacharelado em Saúde Coletiva
[ Plataforma Moodle ][ Chasque mail ][ Calendário UFRGS 2018 ][ Cronograma 2018.1 ][ Projeto pedagógico ][ Mais informações ]
Inserção de egressos, Sanitaristas graduados
     Tem havido grandes investimentos e esforços para fomentar a inserção de Sanitaristas graduados no campo profissional.
     O Laboratório de Apoio Integrado em Saúde Coletiva (LAISC, acesse pelo link abaixo)  oferece apoio interinstitucional aos municípios que contratam Sanitaristas graduados na UFRGS (Ex. São Leopoldo) e o Programa de Residência Multiprofissional busca viabilizar campos de estágio  em municípios da região metropolitana de Porto Alegre.
     Recentemente a Profa. Luciana Teixeira, Coordenadora da Residência Multiprofissional, confirmou a inserção de três estágios para São Leopoldo (áreas de Planejamento, NUMESC e Vigilância em Saúde) e dois para Gravataí (Vigiância Ambiental, Epidemiológica e Sanitária). A viabilização desses campos de estágio é imprescindível para o incremento de vagas e melhor supervisão para is estágios de graduação nesses municípios.
 
DEPTO. DE SAÚDE COLETIVA
Aprovado pelo CEPE/UFRGS.
Aprovado no CONSUN.
A SER CRIADO EM 28/06/2018
Atualizado em 29/05/2018