Estudo simula o efeito das mudanças climáticas na hidrologia da Bacia Amazônica

A pesquisa prevê condições mais úmidas para a parte oeste da Amazônia e mais secas para o leste
Mino Sorribas sentado em seu laboratório falando. Na parede ao seu lado, há um pôster científico e mapas hidrográficos
Mino Sorribas utilizou técnicas de simulação para representar computacionalmente os processos de ciclos hidrológicos - Foto: Rochele Zandavalli/UFRGS

Leia também: