Pedra, papel, tesoura, lagarto, Spock: professor do Instituto de Física discute teoria de jogos

Jeferson Arenzon mostra como ferramentas desenvolvidas em áreas tão distintas como Física Estatística, Sistemas Dinâmicos, Biologia e Economia encontram aplicação na teoria de jogos

Nesta edição do Simplifísica, o professor do Instituto de Física da UFRGS Jeferson Arenzon discute noções básicas de teoria de jogos evolutivos e do conhecido jogo Pedra-Papel-Tesoura. Em particular sua relação com lagartos assanhados e a recente generalização para mais duas estratégias: o Pedra-Papel-Tesoura-Lagarto-Spock, tornado famoso pela série The Big Bang Theory.

O professor mostra como ferramentas desenvolvidas em áreas tão distintas como Física Estatística, Sistemas Dinâmicos, Biologia e Economia encontram aplicação na teoria de jogos, além de revelar algumas estratégias vencedoras nesse tipo de competição – úteis aos participantes do campeonato mundial da modalidade.

Jeferson Arenzon tem experiência na área de Física, com ênfase em Mecânica Estatística, atuando principalmente em sistemas fora do equilíbrio e com dinâmica lenta (crescimento de domínios, vidros de spin e estruturais, sistemas granulares), mas também em teoria de jogos e sistemas carregados. É produtor/apresentador do podcast de divulgação científica Fronteiras da Ciência, retransmitido por várias rádios nacionais e internacionais.

Leia também: