Pesquisa da Sociologia investiga a concentração de riqueza e a desigualdade social

Antonio Cattani estuda as grandes concentrações de fortunas, que pouco são questionadas
Um muro separa um condomínio de luxo de uma favela

Neste Ciência 1080, o professor de sociologia da UFRGS Antonio David Cattani fala do seu estudo sobre riqueza e desigualdade, que deu origem ao livro “Ricos, podres de ricos” (Tomo Editorial). Ele destaca que o Brasil é o quinto país com maior desigualdade social no mundo.

Fala também “invisibilidade” da riqueza e da dificuldade em encontrar dados sobre os grandes ricos. Para driblar esta dificuldade, ele revela algumas de suas estratégias usadas como pistas para as grandes fortunas: colunas sociais, redes familiares e até revistas de decoração, que revelam os caros e bem decorados imóveis dos mais ricos.

Leia também: