Pesquisadores estudam o efeito neuroprotetor da guanosina em ratos com lesões no fígado

A substância produzida em nosso organismo diminuiu a progressão de doenças e a taxa de óbito dos animais estudados
Cientista segurando uma pipeta e um tubo de ensaio
Conforme os pesquisadores, a guanosina promove a neuroproteção de danos causados por substâncias tóxicas, além de agir como antioxidante - Foto: Ramon Moser/UFRGS-Arquivo

Leia também: