Potencial in vitro para solubilização de fosfato por Trichoderma spp.

Priscila Pauly Ribas, Rosane Rech, Aida Terezinha dos Santos Matsumura, Sueli Teresinha Van Der Sand

Resumo


O fósforo é um nutriente essencial para o desenvolvimento das plantas, entretanto, a maior parte deste nutriente presente no solo se encontra na forma de fosfatos inorgânicos, que não podem ser utilizados pelas mesmas. Alguns microrganismos presentes na rizosfera são capazes de atuar solubilizando o fosfato inorgânico, auxiliando no desenvolvimento vegetal. Trichoderma sp. é um fungo amplamente utilizado como agente de controle biológico de doenças de plantas e encontra-se associado às suas raízes. Este trabalho visou avaliar o potencial in vitro de diferentes isolados de Trichoderma spp. para a solubilização de fosfato de cálcio em meio PVK, e sua capacidade de acidificação do meio e produção de enzimas fosfatases. Todos os isolados foram capazes de solubilizar fosfato no meio e demonstraram correlação entre a solubilização de fosfato de cálcio e a acidificação do meio de cultura. O isolado ICB08 (T. asperellum) solubilizou maior concentração de fosfato no meio em relação aos demais isolados, quando considerado o intervalo de tempo analisado. Todos os isolados apresentaram atividade enzimática, variando em concentração e tipo de fosfatase produzida. Também foi possível estabelecer correlação entre a solubilização de fosfato e a produção de enzimas fosfatases. O isolado ICB18 (T. asperellum) obteve a maior atividade enzimática no período de tempo avaliado e produziu fosfatase ácida e fosfatase alcalina. Foi possível concluir que os diferentes isolados possuem potencial de solubilização, tanto através da acidificação do meio quanto pela produção de fosfatase ácida e fosfatase alcalina.


Palavras-chave


fosfato de cálcio; meio PVK; fosfatase ácida; fosfatase alcalina

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.