Reintrodução de Cattleya intermedia Graham (Orchidaceae) em borda e interior de um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual no sul do Brasil

Delio Endres-Júnior, Márcio Hisayuki Sasamori, Tatieli Silveira, Jairo Lizandro Schmitt, Annette Droste

Resumo


A destruição e a fragmentação de hábitats constituem as principais ameaças à manutenção de espécies epifíticas nos remanescentes, sendo a reintrodução uma ferramenta para a sua conservação. O objetivo deste estudo foi monitorar o desenvolvimento de plântulas da orquídea epifítica Cattleya intermedia Graham obtidas pela propagação in vitro e reintroduzidas em borda e interior de um fragmento de Floresta Atlântica localizado em Campo Bom, RS, Brasil. As plântulas aclimatadas foram fixadas aos forófitos na primavera de 2011, sendo avaliada mensalmente a sua sobrevivência. Antes da reintrodução e a cada três meses foram registradas a altura da parte aérea e o número de folhas de cada plântula, bem como variáveis climáticas em borda e interior do fragmento florestal. A sobrevivência de plântulas foi de 60,23%, não apresentando diferença significativa entre os ambientes. Na borda, houve redução significativa do número de folhas e da altura da parte aérea dos indivíduos, o que não foi verificado nos indivíduos reintroduzidos no interior. Aos 720 dias após a reintrodução, também na borda, maior porcentagem de indivíduos havia desenvolvido raízes sobre o tronco dos forófitos em relação ao interior (50,85 e 17,02%, respectivamente). A luminosidade média foi significativamente superior na borda e a média da umidade relativa do ar foi significativamente superior no interior florestal, o que pode ter influenciado na resposta dos indivíduos nos ambientes avaliados. A continuidade do monitoramento e a incorporação de parâmetros adicionais permitirão a determinação dos requisitos da reintrodução como ferramenta para o sucesso de iniciativas de conservação.


Palavras-chave


Conservação; Variável climática; Epifitismo; Micropropagação; Reintrodução.

Texto completo:

PDF


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.