O que é o Termisul

TERMISUL é o grupo responsável pelo Projeto Terminológico Cone Sul, originado no Instituto de Letras em 1991 sob a liderança de Maria da Graça Krieger. Conta com a participação de professoras do Departamento de Línguas Modernas e do Departamento de Lingüística, Filologia e Teoria Literária.

Avançar na pesquisa teórica e aplicada da Terminologia é seu objetivo primeiro. Sua opção teórico-metodológica coloca a Terminologia na perspectiva da linguagem especializada, manifestada no texto especializado.

O grupo empenhou-se pelo desenvolvimento dos estudos terminológicos na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pela introdução da Terminologia, como disciplina obrigatória no currículo do Curso de Bacharelado, Habilitação Tradutor, do Instituto de Letras. No Programa de Pós-Graduação de Letras, propôs a inclusão da linha de pesquisa Lexicografia e Terminologia: relações textuais na área dos Estudos da Linguagem. Nesse âmbito, foram produzidas Teses de Doutorado e Dissertações de Mestrado.

O TERMISUL tem como objetivo específico a elaboração de instrumentos terminográficos como decorrência da investigação empreendida e como fonte alimentadora dos trabalhos dos pesquisadores. Já foram publicados o Dicionário de Direito Ambiental, Glossário Multilingüe de Direito Ambiental Internacional, Glossário de Gestão Ambiental, foi implementada a Base de Dados de Direito Ambiental, BDT TERMISUL, ora desativada, cujo material deu origem ao Acervo TERMISUL.

O que é TERMINOLOGIA?

(distinguimos Terminologia com T maiúsculo de terminologia com t minúsculo)


  • Terminologia: disciplina linguística que estuda os termos e a organização das linguagens especializadas.
  • terminologia: conjunto dos termos especializados próprios de uma ciência, arte, técnica, profissão. Também corresponde ao conjunto de palavras marcadas pela temática de uma área de especialidade, por exemplo, a terminologia da física quântica, da medicina, da informática, a terminologia jurídica ou a terminologia dos revestimentos cerâmicos.

Usamos a língua comum no dia a dia, mas usamos a linguagem especializada quando falamos sobre uma área do conhecimento e empregamos palavras que, dentro dessa área, têm um significado particular. Se falarmos em vírus, é preciso saber se nos referimos à área médica ou à informática.


A Terminologia ocupa-se do estudo, descrição e coleta das terminologias com o objetivo de contribuir para que a comunicação da ciência e da tecnologia se realize de forma compreensível e sem ambiguidades em ambientes mono e/ou multilíngues.


Quem faz Terminologia?

O terminólogo, isto é, o especialista em Terminologia. Ele dedica-se ao estudo, à descrição e análise do funcionamento das terminologias na comunicação das diferentes áreas de conhecimento. Seu objetivo é sistematizar as informações relativas à significação e ao uso dos termos especializados a fim de disponibilizá-las em dicionários e em glossários.


Quem se beneficia dos resultados dos estudos terminológicos?

  • especialistas das diferentes áreas científicas, técnicas e profissionais;
  • tradutores, intérpretes, redatores técnicos;
  • gestores da informação: bibliotecários, documentalistas, arquivistas;
  • linguistas;
  • público leigo interessado na ciência e na tecnologia.

E o que é TERMINOGRAFIA?

É a disciplina linguística intimamente ligada à Terminologia, que se ocupa da descrição das propriedades linguísticas, conceituais e pragmáticas das unidades terminológicas de uma ou mais línguas, a fim de produzir obras de referência, tais como dicionários, glossários, vocabulários em formato papel ou eletrônico, bases de dados terminológicas e bases de conhecimento especializado.