encefalopatia hipóxico-isquêmica / hypoxic-ischemic encephalopathy
Autor: admin@textquim

Definição: Síndrome com alterações cerebrais (encefalopatia) conseqüente à síndrome hipóxica-isquêmica, causada por uma mistura da redução de oxigenação de sangue com um aumento de dióxido de carbono (asfixia) e falta de perfusão nos tecidos (isquemia).
Fonte: Cf. Desenvolvimento neuropsicomotor de lactentes filhos de mães que apresentaram hipertensão arterial na gestação (Arquivos de Neuro-Psiquiatria – Número 3, Volume 63 Setembro 2005) - Briana R. Dias; Ana Maria S.G. Piovesana; Maria Augusta Montenegro; Marilisa M. Guerreiro.


Contexto em Português: Em recém-nascidos a termo com encefalopatia hipóxico-isquêmica (EHI), os níveis liquóricos de TNF-a e de IL-1ß foram mais elevados naqueles com alterações neurológicas aos 12 meses de idade (16). Martín-Ancel e colaboradores encontraram níveis de IL-6 no liquor de recém-nascidos com manifestações neurológicas graves significativamente mais elevados que nos com encefalopatia moderada ou leve, no entanto estes autores não avaliaram a concentração do TNF-a liquórico (17). A maioria dos estudos que investigaram os mecanismos de lesão cerebral após asfixia perinatal são experimentais, sendo necessário estudos clínicos de recém-nascidos com EHI avaliando o comportamento da IL-6 e do TNF-a no SNC, uma vez que se acredita que essas duas citocinas sejam as mais identificadas com o processo inflamatório de hipóxia-isquemia no período neonatal.

Contexto em Inglês: In full-term newborns with hypoxic-ischemic encephalopathy (HIE), the levels of TNF- a and IL-1 ß in the cerebrospinal fluid were greater in patients who presented neurological alterations at 12 months (16). Martín-Ancel et al., found that cerebrospinal fluid IL-6 levels were significantly higher in newborns with severe neurological manifestations than in those with mild or moderate encephalopathy, however, these authors did not assess the concentration of TNF- a in cerebrospinal fluid (17). The majority of studies which have investigated the mechanisms involved in cerebral lesions after perinatal asphyxia are experimental and clinical studies of newborns with HIE which investigate the behavior of IL-6 and TNF a - in the CNS are necessary since it is believed that these two cytokines are more identified with the inflammatory processes of neonatal hypoxia-ischemia.


Notas: A encefalopatia hipóxico-isquêmica se caracteriza pelo conjunto hipoxemia e isquemia, que, associadas a alterações metabólicas, principalmente do metabolismo da glicose, levam a alterações bioquímicas, biofísicas e fisiológicas, que se traduzem por manifestações clínicas secundárias ao comprometimento fisiológico ou estrutural. As alterações neuropatológicas da encefalopatia hipóxico-isquêmica variam com a idade, com a natureza da lesão e com a forma de intervenção, resultando em necrose neuronal seletiva, status marmoratus, lesão cerebral parasagital, leucomalácia periventricular ou necrose isquêmica cerebral focal e multifocal. (Fonte: Paralisia cerebral, novas perspectivas terapêuticas. Jornal de Pediatria – Número 78 2002. Newra Tellechea Rotta).



Voltar