síndrome de lise tumoral / tumor lysis syndrome
Autor: admin@textquim

Definição: Em pesquisa.


Contexto em Português: A síndrome de lise tumoral acontece como conseqüência da destruição de células neoplásicas. Ocorre mais freqüentemente em doenças de rápido crescimento tumoral, como leucemias e linfomas (43). Pode apresentar-se antes do início da quimioterapia, de forma espontânea, e diferencia-se da forma secundária pela ausência de hiperfosfatemia. A lise celular causa uma série de alterações eletrolíticas e metabólicas, que podem exceder a capacidade de eliminação renal, ou formar obstrução em túbulos renais devido à precipitação de ácido úrico e cálcio, e à relação ácido úrico: creatinina costuma ficar acima de 1,0 (44). Ocorre hiperuricemia, hiperfosfatemia, hipercalemia e hipocalcemia após a destruição celular causada pela quimioterapia. Algumas vezes, o processo pode levar à síndrome de resposta inflamatória sistêmica, com alteração hemodinâmica (hipotensão) e distúrbios da coagulação, inclusive com CIVD. Apesar da gravidade das alterações metabólicas e da disfunção orgânica, a ocorrência da síndrome de lise após o início da quimioterapia significa que a neoplasia está respondendo ao tratamento. Alguns sinais são sugestivos de alto risco de síndrome: desidrogenase láctica muito elevada, grandes massas tumorais, hiperleucocitose. O tratamento inicia-se pela prevenção com hiper-hidratação, usualmente com 150-200% da oferta hídrica basal (3 l/m2/dia), e estímulo com diuréticos de alça (furosemide). O pré-tratamento com alopurinol ajuda na normalização dos níveis de ácido úrico pela inibição da conversão da hipoxantina em xantina (45). Novas drogas têm demonstrado eficiência ainda melhor na diminuição da hiperuricemia, como a urato oxidase. A alcalinização da urina pela utilização de bicarbonato de sódio não é mais recomendada pelo aumento da precipitação do cálcio. Se o paciente evoluir com insuficiência renal, ou alterações eletrolíticas graves, devem ser instituídos métodos dialíticos, preferencialmente hemodiálise ou hemofiltração. A diálise peritoneal não é tão eficiente na eliminação do ácido úrico e do fosfato.

Contexto em Inglês: The tumor lysis syndrome results from the destruction of neoplastic cells. It is more commonly observed in diseases such as leukemias and lymphomas (43). It may develop spontaneously before the onset of chemotherapy, and it distinguishes itself from the secondary form by the absence of hyperphosphatemia. Cell lysis produces a constellation of electrolytic and metabolic disorders, which may exceed the renal elimination capacity or cause obstruction in renal tubules due to uric acid and calcium precipitation ; in addition, the uric acid: creatinine ratio is often above 1.0 (44). Hyperuricemia, hyperphosphatemia, hyperkalemia and hypocalcemia usually occur after the destruction of cells by chemotherapy. Sometimes the process may lead to the systemic inflammatory response syndrome, with hemodynamic disorders (hypotension) and coagulopathies, including disseminated intravascular coagulation. Despite the severity of metabolic disorders and organic dysfunction, the development of tumor lysis syndrome after the onset of chemotherapy means that the neoplasm is responsive to the treatment. Some signs are suggestive of high risk for the syndrome: extremely high lactic dehydrogenase, large tumor masses, and hyperleukocytosis. The initial treatment consists of hyperhydration usually with 150-200% of the baseline water intake (3 l/m2/day) and stimulation with loop diuretics (furosemide). Pretreatment with allopurinol helps normalize the levels of uric acid by preventing the conversion of hypoxanthine into xanthine (45). New drugs, such as urate oxidase , have shown to be efficient in reducing hyperuricemia. Alkalinization of the urine by the use of sodium bicarbonate is no longer recommended as it increases calcium precipitation. If the patient develops renal insufficiency or severe electrolytic disorders, dialysis should be used, preferably hemodialysis or hemofiltration. Peritoneal dialysis is not so efficient in eliminating uric acid and phosphate.


Expressões Relacionadas em Português

Expressões Relacionadas em Inglês

síndrome de Asperger
síndrome do desconforto respiratório
síndrome de Angelman
síndrome do X frágil

Asperger's syndrome
respiratory distress syndrome
Angelman syndrome
fragile X syndrome



Voltar