Você está aqui: Página Inicial A UFRGS Plano de Gestão Plano de Gestão 2008 - 2012

Plano de Gestão 2008 - 2012

 

 

 

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

 

Plano de Gestão

 

Período: 2008-2012

 

Planejamento de Atividades de

 

Órgão da Administração Central

 

Dirigentes:

 

Reitor: Prof. Dr. Carlos Alexandre Netto

 

Vice-Reitor: Prof. Dr. Rui Vicente Oppermann

 

- Porto Alegre – Março de 2009

Aprovado pela Decisão nº 163/2009 - CONSUN

 

Este documento contém o Plano de Gestão do Reitorado iniciado em 23/09/2008 na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Sua elaboração foi orientada por quatro pontos principais, a saber: necessidade de apresentação da proposta de Plano de Gestão do Reitorado, nos termos do Art. 29 § 1º do Regimento Geral da instituição, procurando fazê-lo com transparência, objetividade e completude; necessidade   de   contar   com   um   documento   altamente   consubstanciado   e sedimentado para, em vista da inexistência de um Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) formalmente aprovado pela instituição, poder ser apresentado como um elemento referencial adicional da proposta da mesma a órgãos de auditoria e de avaliação institucional externa, em paralelo com outros documentos oficiais, como seu Estatuto e seu Regimento Geral; necessidade de  aprofundamento da  introdução  da  cultura  do  planejamento  de atividades, dentro do entendimento das teorias de gestão das organizações, dado que a existência de documentação referente aos planos de ação resultantes está sendo, progressivamente, mais e mais requisitada pelos órgãos externos ligados à avaliação e auditoria das atividades realizadas pelas instituições, de modo geral, e, em particular, de natureza pública; necessidade de facilitar a compatibilização entre esta forma de planejamento a ser efetuada pelos  diversos órgãos da  administração universitária e  a  emissão de relatórios de atividades anualmente requeridos por força de instrumentos jurídicos externos, os quais são avaliados ou auditados por órgãos públicos.

 

A UFRGS tem por finalidade precípua a educação superior e a produção de conhecimento filosófico, científico, artístico e tecnológico integrados no ensino, na pesquisa e na extensão (art. 5º, título II do Estatuto).

 

A  UFRGS, uma  universidade pública,  gratuita,  academicamente qualificada, plural  e comprometida com o Brasil contemporâneo, deve continuar buscando, em todas as suas ações, maior qualificação acadêmica e autonomia. Além disso, o Plano de Gestão preconiza a construção de um projeto de país desenvolvido e socialmente justo através da atividade universitária.

 

Assim, de modo coerente, a administração da Universidade orienta suas ações em direção a duas questões fundamentais: (1) atender as demandas decorrentes da responsabilidade social, compromisso inerente à natureza de toda instituição pública de ensino superior, e (2)  responder  aos  anseios  da  comunidade  de  docentes,  técnico-administrativos  e estudantes em seus interesses comuns e também em sua diversidade.

 

Nesse sentido, o entendimento é o de que a Universidade precisa ampliar suas atividades, mantendo  a  alta  qualidade,  os  cursos  e  as  vagas  de  graduação  e  pós-graduação; incrementar sua capacidade de liderança na inovação científica e tecnológica; aumentar a difusão dos conhecimentos e tecnologias desenvolvidos; e impulsionar a relação transformadora entre Universidade e Sociedade. Assume-se que a UFRGS, pela competência acadêmica comprovada nas avaliações de seus cursos e projetos, tem potencialidades para responder aos desafios científicos e culturais do presente e do futuro, mediante o exercício pleno de sua autonomia e seguindo diretrizes éticas e políticas orientadas pelo compromisso social e pela busca de superação.

 

Portanto, a proposta da atual administração pauta-se pelo compromisso com uma universidade inclusiva, democrática, capaz de fomentar a investigação científica de alta qualidade, de introduzir novas tecnologias de ensino na graduação e na pós-graduação, buscando otimizar o fluxo de saberes entre a Universidade e a Sociedade. Enfatiza-se a interação com a  sociedade, instituições públicas  e  privadas, organizações  não governamentais, com o setor produtivo e com o mundo do trabalho, estabelecendo metas abrangentes e voltadas, prioritariamente, para o desenvolvimento local e regional.

 

Ainda, a proposta de gestão contida neste Plano de Gestão articula-se a partir de quatro grandes eixos temáticos, a saber: (1) expansão com qualidade, (2) inclusão, (3) modernização da gestão e   recuperação da infraestrutura institucional,  e  (4) desenvolvimento da comunidade universitária. Busca-se a integração desses quatro eixos no amplo espectro das ações da instituição, forjadas com foco no êxito das atividades de ensino de graduação, de pós-graduação, de educação básica e profissional, de pesquisa, de desenvolvimento tecnológico e inovação e de extensão, tratando cada uma das grandes questões da gestão universitária como um sistema complexo que necessita, para seu equacionamento, de visão de conjunto, de ações integradas e de soluções convergentes.

 

A UFRGS alcançou, ao longo de sua história, um elevado grau de atuação acadêmica, estando entre as instituições públicas federais mais efetivas em termos de desempenho dos egressos de seus cursos e dos resultados de seus projetos de pesquisa e extensão. Trata-se, portanto, de uma instituição qualificada para o enfrentamento da tarefa de efetivamente viabilizar a expansão de suas atividades com preservação da qualidade. Tal expansão será concretizada por meio do oferecimento de novos cursos, maior número de matrículas, implantação de novas tecnologias de ensino e de maior qualificação acadêmica. Por isso, este Plano de Gestão propõe o compromisso da Universidade com as políticas públicas para educação, ciência, tecnologia e inovação. A expansão proposta acontecerá sob a égide da inclusão, que se traduz, nesta proposta, por ações pró-ativas voltadas à inserção, no contexto da educação superior, daquelas parcelas da população estudantil menos favorecidas em termos socioeconômicos.

 

Expansão e inclusão concorrem para a qualificação da comunidade universitária e aperfeiçoamento da infraestrutura institucional. A infraestrutura física precisa atender às necessidades de condições de trabalho e segurança de toda a comunidade. Assim, este Plano de Gestão propõe a superação de pontos críticos relativamente ao aspecto físico dos prédios, à organização das instalações da instituição, à segurança pessoal e patrimonial.

 

Outra questão fundamental diz respeito à ampliação do quadro de docentes e de técnico- administrativos, além de se procurar melhorar as condições de trabalho e convívio através de um ambiente humanizado e favorável ao contínuo desenvolvimento da comunidade universitária, onde será respeitada a experiência de docentes e técnicos quanto à gestão dos processos acadêmico-administrativos, de forma participativa e democrática.

 

Em resumo, são os seguintes os princípios gerais que constituem a sustentação do Plano de Gestão aqui exposto:

 

- Compromisso com a expansão com qualidade;

- Compromisso com a expansão com inclusão;

- Compromisso com as políticas públicas para educação, cultura, ciência, tecnologia e inovação;

- Compromisso  com  o  aperfeiçoamento  dos  processos  de  gestão  acadêmico- administrativos;

- Compromisso com o bem-estar da comunidade universitária.

 

Em adição a esses princípios, este Plano de Gestão enfatiza a observância de princípios e fundamentos que caracterizam a vida da comunidade universitária desta Instituição, expressos através das diversas peças próprias de legislação vigentes na mesma, a partir de seu Estatuto e de seu Regimento Geral. Resumidamente, a seguinte lista, extraída da análise dessa documentação, foi considerada como um conjunto de elementos subjacentes aos procedimentos de planejamento realizados pelos diversos órgãos:

 

-  Compromisso com a ética;

-  Compromisso com os interesses públicos;

-  Compromisso com a produção de conhecimento inovador e crítico;

-  Compromisso com a formação em bases científicas sólidas;

-  Compromisso com a formação integral (e não apenas tecnicista) do indivíduo;

-  Compromisso com o respeito à diversidade, à heterogeneidade, à pluralidade de ideias;

-  Compromisso com o exercício da cidadania através do desenvolvimento de uma consciência ética na comunidade universitária;

-  Vinculação entre pesquisa, extensão e ensino, em caráter de indissociabilidade; o    desvinculação à formação com foco restrito à inserção do egresso no mercado;

-  Desvinculação ao balizamento de ordem político-ideológica ou religiosa;

-  Foco na visão interdisciplinar do conhecimento científico;

-  Desafio da pertinência social, da excelência das suas atividades e da excelência sem exclusão;

- Incentivo  à  minimização  do  tempo  de  permanência  do  aluno  em  curso  na instituição;

-  Compromisso com a autoavaliação das suas atividades;

-  Compromisso com as questões ambientais;

-  Compromisso com a preservação do Patrimônio Histórico;

-  Organização acadêmico-administrativa contemplando a separação hierárquica e funcional entre instâncias legislativas-avaliativas, executivas e jurídicas.

-  Compromisso com a universalização e democratização do ensino superior público e gratuito.

-  Compromisso  com  o  desenvolvimento  regional  e  nacional,  bem  como  com  a qualidade da vida humana;

-  Compromisso com a articulação entre as diversas Unidades da Universidade e as entidades públicas e privadas de âmbito regional, nacional e internacional;

-  Liberdade de ensinar, pesquisar e divulgar o pensamento, a arte e o saber;

-  Pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas;

-  Gratuidade do ensino;

-  Gestão democrática;

-  Valorização dos profissionais do ensino;

-  Garantia de padrão de qualidade;

-  Respeito à dignidade da pessoa humana e a seus direitos fundamentais.

 

III. Exposição das linhas de ação, metas e ações

 

O Plano de Gestão aqui apresentado é uma consolidação do trabalho executado por Pró- Reitorias, Secretarias e Coordenadorias. Após a análise das propostas de atuação dos diversos órgãos da  Administração Central  e  de  acordo com  a  metodologia aplicada, passou-se à consolidação das linhas de ação deste Plano de Gestão, as quais são apresentadas a seguir. Desta forma, ainda que as linhas de ação e metas sejam aquelas da Administração para o período 2008-2012, as ações gerais aqui apresentadas estão fundamentadas nas especificidades que cada instância apresentou no seu plano específico.

 

1. LINHA DE AÇÃO: EXPANSÃO QUALIFICADA DAS ATIVIDADES ACADÊMICAS

1.1. Meta: Expansão da Graduação

Ações:

1.1.1.   incentivo à criação de novos cursos e ampliação de vagas em cursos já existentes;

1.1.2.   incentivo à criação de cursos noturnos;

1.1.3.   incentivo à criação de cursos tecnológicos e de formação de docentes para o ensino técnico;

1.1.4.   consolidação de cursos na modalidade Programa Especial de Graduação;

1.1.5.   realização de estudos e desenvolvimento de ações para reduzir a evasão.

 

 

1.2. Meta: Expansão da Pós-Graduação

Ações:

1.2.1.    incentivo à criação de novos cursos e ampliação de vagas em cursos já existentes;

1.2.2.    ampliação dos programas de bolsas de mestrado e de doutorado;

1.2.3.    apoio a programas de pós-doutorado e de recém-doutor;

1.2.4.    promoção da integração de competências para a inserção de modalidades inovadoras, criação de cursos multidisciplinares, e de ensino de ciências;

1.2.5.    incremento da integração acadêmica entre a graduação, a pós-graduação e a extensão;

1.2.6.    incentivo à atuação da UFRGS na nucleação e consolidação de programas de pós-graduação em outras IES;

1.2.7.    incentivo à formação de recursos humanos para a docência.

 

1.3. Meta: Expansão da Pesquisa

Ações:

1.3.1.   incentivo à ampliação das parcerias com a comunidade com o apoio da Lei de Inovação;

1.3.2.   identificação de lacunas temáticas nas áreas de pesquisa da UFRGS, para fomentar ações interdisciplinares;

1.3.3.    articulação de competências com vistas à captação de recursos e indução de oportunidades para a pesquisa;

1.3.4.   incentivo à pesquisa envolvendo temas de grande interesse e repercussão social;

1.3.5.   estímulo  a atividades de pesquisa voltadas para o desenvolvimento  de novas práticas pedagógicas;

1.3.6.   fomento  ao  desenvolvimento  de  atividades  de  pesquisa  na  área  de educação a distância.

 

1.4. Meta: Expansão da Extensão

Ações:

1.4.1.   ampliação  do  número  de  projetos  interinstitucionais  para  fortalecer identidades, promover o respeito à biodiversidade e à diversidade cultural e reduzir as vulnerabilidades socioeconômicas;

1.4.2.   aumento do número de ações extensionistas multidisciplinares vinculadas a resultados de projetos de pesquisa demandados pela sociedade;

1.4.3.   adesão a um maior número de programas sociais vinculados à Política Nacional de Extensão e ao Plano de Desenvolvimento da Educação;

1.4.4.   incremento de atividades específicas, nas várias modalidades de extensão, com foco nas necessidades da comunidade universitária;

1.4.5.   agilização, em todas as instâncias administrativas, dos procedimentos da modalidade prestação de serviços, seguindo-se os parâmetros legais vigentes.

1.4.6.   aprimoramento   do    processo   de    institucionalização   da    extensão universitária e aperfeiçoamento do programa de bolsas;

1.4.7.   ampliação das ações e das séries da Editora Universitária.

 

1.5. Meta: Expansão do Desenvolvimento e Inovação Tecnológica

Ações:

1.5.1    ampliação de projetos de inovação e desenvolvimento tecnológico com vistas à capacitação e ao alcance da autonomia tecnológica e do desenvolvimento industrial;

1.5.2.   incentivo a parcerias com a comunidade com o apoio da Lei de Inovação;

1.5.3.   incremento a programas de incubadoras tecnológicas;

1.5.4.   incremento  da  promoção  de  ações  de  divulgação  e  de  interação  dos laboratórios como o Parque Tecnológico da UFRGS;

1.5.5.   incremento da promoção de ações de difusão na área tecnológica;

1.5.6.   ampliação dos programas de empreendedorismo.

 

1.6. Meta: Expansão das Relações Internacionais

Ações:

1.6.1.   consolidação  e  expansão  da  cooperação  internacional  da  UFRGS  com instituições na área acadêmica;

1.6.2.   ampliação dos programas de mobilidade acadêmica e reforço às ações de internacionalização da universidade;

1.6.3.   institucionalização  das   iniciativas   de   cooperação  internacional  de professores, estudantes e de grupos de pesquisa.

 

2.1. Meta: Inclusão no Ensino

Ações:

2.1.1.   ampliação dos programas de bolsa e criação de novas modalidades de bolsas para estudantes de graduação;

2.1.2.   ampliação do uso de novas tecnologias de informação e comunicação nos cursos presenciais e a distância;

2.1.3.   renovação do Programa Pedagógico para docentes;

2.1.4.   fortalecimento da interação com a rede pública de educação básica para a prática de docência nas licenciaturas;

2.1.5.   ampliação dos programas de apoio à permanência de estudantes;

2.1.6.   reestruturação dos cursos de graduação;

2.1.7.    fortalecimento dos cursos básicos para jovens e adultos;

2.1.8.    acompanhamento dos cursos, em todos os níveis, mantendo o apoio aos já consolidados e com investimento diferenciado aos novos.

 

2.2. Meta: Inclusão na Pesquisa e Inovação

Ações:

2.2.1.   ampliação das oportunidades de divulgação e do espaço para os jovens pesquisadores;

2.2.2.   criação de programas específicos para a inovação;

2.2.3.   ampliação dos projetos de interação com os diversos setores da sociedade com vistas à inovação de processos e produtos;

2.2.4.   atuação institucional na captação de recursos para a pesquisa.

 

2.3. Meta: Inclusão na Extensão

Ações:

2.3.1.   promoção de ações integradas com os diversos setores da sociedade para um efetivo trabalho em todas as formas de inclusão;

2.3.2.   fortalecimento da relação bidirecional universidade-sociedade, através das diversas modalidades de extensão, para responder às questões científicas e culturais do momento presente;

2.3.3.   incentivo à comunidade acadêmica para participar de forma mais intensiva em atividades multidisciplinares especialmente  voltadas ao desenvolvimento local e regional;

2.3.4.   estímulo  ao  aproveitamento  curricular  da  participação  do  aluno  em projetos de extensão;

2.3.5.   ampliação  da  participação  em  atividades  esportivas  como  fator  de inclusão.

 

3.1. Meta: Otimização do Planejamento e da Gestão

Ações:

3.1.1.   elaboração  do  Plano  de Desenvolvimento  Institucional  - PDI  - com a participação de todos os segmentos da comunidade universitária;

3.1.2.   incentivo,   acompanhamento,   difusão   e   avaliação   de   políticas   das atividades-fim e das atividades-meio da instituição;

3.1.3.   modernização e otimização dos procedimentos administrativos, de forma a simplificar e qualificar as ações administrativas; elaboração de rotinas administrativas com procedimentos ágeis, adequando a legislação da Universidade a esse fim;

3.1.4.   implementação do programa de digitalização dos documentos do sistema de    arquivos, ampliando  a  informatização dos procedimentos administrativos na Universidade;

3.1.5.   incremento  da  informatização  dos  diversos  órgãos  da  Administração Central, através da melhoria dos sistemas de informação existentes ou da implementação de novos;

3.1.6.   expansão   dos   serviços  de   Tecnologia   da   Informação   para   toda   a comunidade universitária;

3.1.7.   ampliação  do  acesso  à  educação  formal,  em  todos  os  níveis,  para servidores técnico-administrativos;

3.1.8.   contínuo  incentivo  à  capacitação  dos  servidores  docentes  e  técnico- administrativos;

3.1.9.   implantação de um sistema de gestão ambiental utilizando a aplicação da política ambiental da UFRGS;

3.1.10.  apoio   ao   Sistema   de   Bibliotecas   Universitárias   e   consolidação   do repositório virtual;

3.1.11.  revisão da estrutura administrativa de órgãos da Administração Central com  a  introdução  de  novos  procedimentos,  rotinas  e  serviços  para adaptação às exigências previstas na legislação;

3.1.12.  promoção da implantação de Coordenadorias por área de conhecimento e interação dos gestores acadêmicos dos cursos de graduação.

 

3.2. Meta: Aperfeiçoamento da Infraestrutura Institucional

Ações:

3.2.1     melhoria da gestão do espaço físico, com a elaboração de Planos Diretores para os campi universitários;

3.2.2.   elaboração de plano de emergência para recuperação predial;

3.2.3.   aperfeiçoamento  dos   planos  de   manutenção  de   rotina,   incluindo equipamentos de uso geral;

3.2.4.   ampliação da infraestrutura física necessária para expansão do ensino, da pesquisa, da extensão e do desenvolvimento tecnológico;

3.2.5.   investimento em segurança através de ações preventivas e integradas entre a Universidade e o poder público;

3.2.6.   recuperação do Patrimônio Histórico edificado.


3.3. Meta: Desenvolvimento da Comunicação Social

Ações:

3.3.1.   renovação e ampliação da estrutura de comunicação social;

3.3.2.   criação da Agência de Notícias UFRGS;

3.3.3.   criação de ambientes de comunicação interna institucional;

 

4. LINHA DE AÇÃO: DESENVOLVIMENTO DA COMUNIDADE UNIVERSITÁRIA

 

4.1. Meta: Melhoria do ambiente acadêmico e da assistência aos estudantes

Ações:

4.1.1.   ampliação dos investimentos em assistência estudantil, com ênfase em restaurantes universitários e Casa do Estudante do Vale;

4.1.2.   ampliação e atualização dos laboratórios de informática;

4.1.3.   ampliação   do   horário   de   funcionamento   de   setores   que   prestam atendimento aos estudantes;

4.1.4.   ampliação e qualificação do atendimento à comunidade acadêmica;

4.1.5.   racionalização dos horários de aula, reduzindo a dispersão dos estudantes nos diferentes campi;

4.1.6.   ampliação do atendimento psicossocial e pedagógico aos estudantes;

4.1.7.   apoio às ações relacionadas a acesso, acompanhamento e permanência dos estudantes vinculados às Ações Afirmativas;

4.1.8.   ampliação   de   projetos   culturais,   artísticos,   esportivos   e    sociais especialmente destinados aos estudantes da Universidade;

4.1.9.   estímulo ao espírito de solidariedade, mediante o engajamento de jovens universitários na organização de projetos multidisciplinares que atendam problemas sociais da comunidade.

 

4.2. Meta: Investimento no bem-estar da comunidade universitária

Ações:

4.2.1.   criação  de  políticas  de  acolhimento  e  desenvolvimento  dos  novos servidores docentes e técnico-administrativos;

4.2.2.   contínuo  incentivo  à  capacitação  dos  servidores  docentes  e  técnico- administrativos;

4.2.3.   ampliação e melhoria dos serviços prestados aos servidores;

4.2.4.   ampliação  do  espaço  físico,  do  quantitativo  de  equipamentos  e  do contingente de servidores à disposição da comunidade acadêmica;

4.2.5.   incentivo à melhoria da qualidade de vida, da segurança e das condições físicas nos ambientes de trabalho da instituição;

4.2.6.   ampliação da oferta de serviços informatizados;

4.2.7.   ampliação da oferta de atividades culturais, esportivas e de promoção da saúde, com destaque para o Campus do Vale;

4.2.8.   institucionalização de programas para pessoas com necessidades especiais;

4.2.9.   promoção do exercício da cidadania, em especial com educação nas áreas ambiental, patrimonial e de segurança.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000