Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Calendário de eventos Defesa de dissertação - PPGEQ

Defesa de dissertação - PPGEQ

Quando 19/03/2012
das 14:00 até 17:00
Onde Sala CENPES - Prédio 12.204 - Engenharia Química (DEQUI) - Campus Centro
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Química

TÍTULO: MODELAGEM E SIMULAÇÃO DE REATORES AUTOCLAVE PARA PRODUÇÃO DE PEBD

AUTOR: Juliana Lopes Silva

ORIENTADORES: Prof. Orientadores: Prof. Dr. Nilo Sérgio Medeiros Cardozo - DEQUI/UFRGS, Prof. Dr. Rafael de Pelegrini Soares - DEQUI/UFRGS

BANCA: Prof. Dr. Marcelo Farenzena - DEQUI/UFRGS, Prof. Dr. Nilson Romeu Marcilio - DEQUI/UFRGS e Dr. Luis Gustavo Soares Longhi - REFAP/PETROBRAS

RESUMO: O polietileno de baixa densidade (PEBD) é uma resina termoplástica fabricada através de processos a altas pressões, com reatores do tipo autoclave ou tubular. O cenário atual é de crescente demanda por PEBD produzido a custos competitivos, através de plantas de alto desempenho e capacidade, de modo que o desenvolvimento de processo e produto torna-se um fator chave para as empresas produtoras, sendo os simuladores de processo ferramentas de grande importância para esta finalidade. O objetivo desta dissertação é a implementação de um modelo matemático que represente reatores autoclave de produção de PEBD e a avaliação de sua capacidade preditiva através da comparação dos seus resultados numéricos com dados de literatura e dados de uma planta industrial. O modelo desenvolvido deverá ser capaz de descrever o comportamento do reator, através de seu perfil de temperatura, vazões de iniciador e conversão, e de algumas das principais propriedades do polímero produzido, através de suas massas molares médias. A modelagem dos reatores é composta de compartimentos genéricos de tanque agitado, implementada no simulador dinâmico de processos EMSO, utilizando cinética de literatura. Os balanços de massa e energia foram resolvidos simultaneamente para a obtenção de condições de operação factíveis, sendo necessário o uso de controladores para manter o ponto de operação no estado estacionário desejado. As propriedades são obtidas através da utilização do método dos momentos. É considerada no modelo a possibilidade de formação de duas fases. Parâmetros do modelo cinético e de mistura são ajustados para os dados de planta através de uma rotina de estimação, considerando dois grades com características de processo e produto distintas. As predições do modelo para perfil de temperatura, vazões de iniciador, conversão e massas molares médias mostraram boa concordância com os dados de literatura e com os dados de planta industrial, para os dois grades considerados.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000