Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Calendário de eventos Defesa de dissertação - PROPUR

Defesa de dissertação - PROPUR

Quando 21/03/2012
das 10:00 até 14:00
Onde Sala 509 - PROPUR - Faculdade de Arquitetura (Sarmento Leite, 320)
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

Título: Análise regional da distribuição espacial de oferta de serviços de saúde. Estudo de caso: os serviços de alta complexidade do SUS no RS

Autor: Júlio César Viero Ruivo

Orientador: Prof. Dr. Oberon da Silva Mello

Banca Examinadora:

- Profª. Drª. Maria Ceci Araujo Misocsky (Examinador Externo do Programa de Pós-Graduação em Administração/UFRGS);
- Prof. Dr. Paulo Roberto Rodrigues Soares (Examinador Externo do Programa de Pós-Graduação em Geografia/UFRGS);
- Profª. Drª. Livia Teresinha Salomão Piccinini (Examinador Interno do PROPUR/UFRGS).
Resumo:
A prestação dos serviços no Sistema Único de Saúde (SUS) no país deve ser desenvolvida em um conjunto de estabelecimentos assistenciais de saúde, organizados em uma rede hierarquizada e regionalizada de atenção à saúde, em níveis de complexidade crescente. A rede de saúde no Estado do Rio Grande do Sul está dividida em sete macrorregiões e dezenove microrregiões, em um sistema hierarquizado que vai da atenção básica ao serviço de alta complexidade. A presente pesquisa tem como objetivo analisar a distribuição regional dos serviços de saúde de alta complexidade, considerando suas relações com as características do quadro de desigualdades socioespaciais no Estado. A metodologia utilizada foi levantamento documental referente à bibliografia especializada, abordando-se casos no Brasil. A seguir, em fase dedicada ao estudo de caso, examinaram-se os documentos do SUS, pertinentes ao tema, nas dezenove microrregiões que compreendem as coordenadorias de saúde no Rio Grande do Sul. Os dados coletados foram descritos conforme os serviços disponíveis por especialidade de alta complexidade e da população de cada região, criando-se indicadores de oferta, e das características das desigualdades socioespaciais. Para analisar os dados, aplicou-se procedimento que consistiu em confrontar, em cruzamento, os indicadores de oferta e de características socioeconômicas, visando-se examinar a adequação da oferta segundo critério que leva em conta a desigualdade social. O instrumento de análise revelou-se importante ao qualificar situações que a análise quantitativa, tipo correlação, não explicita adequadamente. Por fim, concluiu-se que a distribuição espacial dos serviços de saúde do SUS, no RS, estão inadequados, o que comprova a hipótese da pesquisa.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000