Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Notícias Aluno da UFRGS é selecionado para atuar como voluntário no maior evento mundial sobre Alzheimer

Aluno da UFRGS é selecionado para atuar como voluntário no maior evento mundial sobre Alzheimer

Acadêmico da Medicina e doutorando do PPG em Bioquímica, Wagner Brum concorreu com estudantes de todo o mundo inscritos no ISTAART Student Volunteer Program
15/07/2020 17:14

O gosto pela pesquisa e pela ciência começou muito cedo para Wagner Scheeren Brum, aluno de graduação da Medicina e doutorando no Laboratório de Neuroimagem da UFRGS, sob a orientação dos professores Eduardo Zimmer, do Departamento de Farmacologia, e Diogo Souza, do Departamento de Bioquímica, amos do Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Ainda adolescente, por influência das suas visitas à Mostratec de Novo Hamburgo – maior feira de ciências pré-universitária da América Latina -, Wagner optou por seguir a carreira de pesquisador e desde então conquista destaques nessa trajetória. Recentemente, ele foi um dos 20 selecionados entre candidatos do mundo todo para atuar como voluntário no "Alzheimer's Association International Conference (AAIC)" o maior evento mundial sobre a Doença de Alzheimer, que acontece entre os dias 27 e 31 de julho.

A Fundação Escola Técnica Liberato Salzano Vieira da Cunha, organizadora da Mostratec, foi sua escola de Ensino Médio e onde Wagner começou de fato a atuar em pesquisa. “Como aluno do Curso Técnico em Química, desenvolvi com dois colegas projetos originais em Biotecnologia, que apresentamos em feiras de ciências além da Mostratec, como a FEBRACE (USP/São Paulo), que nos credenciou para a Genius (SUNY/New York)” relembra o estudante. O passo seguinte foi o ingresso no curso de Medicina da UFRGS, em 2018. Já no primeiro semestre obteve uma bolsa de Iniciação Científica que lhe permitiu desenvolver um projeto aplicando técnicas de neurociência computacional no estudo redes metabólicas cerebrais na fase pré-clínica da doença de Alzheimer. O trabalho sobre o projeto foi selecionado para uma apresentação oral no AAIC do ano passado. Wagner afirma que essa experiência foi fundamental: “Eram cerca de 600 apresentações orais no congresso; e só duas sendo feitas por alunos de graduação. Foram meses de preparação intensa e frio na barriga. Desenvolver e apresentar esse projeto possibilitou que eu entrasse no programa MD-PhD em agosto de 2019.” Ele gosta de salientar que a Fundação Liberato e a UFRGS, duas instituições públicas de excelência em educação, são o grande diferencial na sua trajetória.

O Programa de Formação em Pesquisa Médica MD-PhD é um programa de formação de médicos pesquisadores em que o estudante faz o doutorado concomitantemente à graduação. Como participante do MD-PhD, Wagner atua no Laboratório de Neuroimagem da UFRGS, sob a orientação do professor Zimmer.

Inserido no mundo da pesquisa, Wagner candidatou-se e foi selecionado pelo ISTAART Student Volunteer Program, voltado a alunos de graduação, mestrado e doutorado que tenham interesse em participar da organização do AAIC. Neste ano, devido à pandemia de covid-19, o evento será virtual. Wagner explica quais são suas tarefas como voluntário: “os organizadores contam conosco para ajudar na divulgação e - principalmente - na promoção do engajamento de todos os participantes no novo modelo virtual. Através de moderação de discussões entre participantes, participação efetiva nas sessões científicas e de pôsteres, fazendo com que os voluntários sejam aliados para contribuir para o sucesso do novo modelo virtual”.

Por ser totalmente virtual, a edição desse ano é gratuita e está aberta a todos os interessados da área. Normalmente, a inscrição para o AAIC custava em torno de US$ 1,3 mil. Wagner salienta que é uma ótima oportunidade para interagir com pesquisadores de vários países.

O grupo de pesquisa coordenado pelo professor Zimmer irá apresentar 12 trabalhos no AAIC, o que revela, conforme o pesquisador, a importância da contribuição da UFRGS para o avanço da pesquisa em Doença de Alzheimer no cenário internacional. Em 2018, primeiro ano do Laboratório de Neuroimagem, o grupo apresentou três trabalhos. Em 2019, já foram cinco trabalhos e uma apresentação oral, e agora, em 2020, serão 12 trabalhos. Wagner destaca que o reconhecimento do Laboratório de Neuroimagem é o responsável pelo contexto favorável a sua participação no AAIC: “Ser selecionado como voluntário é apenas uma consequência direta desse contexto prolífico e de reconhecimento internacional crescente do nosso grupo, que não seria possível sem o trabalho e mérito do professor Zimmer, que nos estimula a sempre aproveitar oportunidades como essa”, afirma. Além de dar conta das tarefas de voluntário, Wagner também apresentará um trabalho sobre o desenvolvimento de biomarcadores e modelos estatísticos que possam identificar risco de desenvolvimento de demência.

Inscrições gratuitas

Em 2019, o AAIC foi realizado em Los Angeles, com cerca de seis mil participantes. Conforme Wagner, até o momento, o AAIC20 conta com mais de 14, 5 mil participantes inscritos, sendo o Brasil um dos países com maior número de inscritos até agora. Interessados podem inscrever-se gratuitamente no link https://alz.org/aaic/overview.asp.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000