Você está aqui: Página Inicial Notícias Ano Internacional da Luz é tema de ciclo de cinema

Ano Internacional da Luz é tema de ciclo de cinema

Com exibições de programas da UFRGS TV, documentários e ficção, sessões ocorrem de 19 a 23 de outubro
16/10/2015 16:51

Na próxima semana, o Anfiteatro Antônio Cabral, da biblioteca do Instituto de Física, recebe o ciclo de cinema Ano Internacional da Luz. Com exibições do programa Simplífisica, produzido pela UFRGS TV, de documentários e ficção, além de debates, a programação vai de 19 a 23 de outubro, com sessões todos os dias às 15h. As atividades são gratuitas.

Confira a programação:

 

19 de outubro

Especiais Simplifísica – UFRGS TV

2015: Ano Internacional da Luz

Brasil, 2015, Programa Simplifísica, cor, 30min

Direção: Fernando Favaretto

Livre

2015, proclamado pela ONU [UNESCO] o Ano Internacional da Luz, teve como marco inicial o fato coincidente dos prêmios Nobel de Física e Química terem sido concedidos para pesquisadores com trabalhos pioneiros ligados diretamente à área de Ótica. Neste vídeo, serão apresentadas as motivações por traz dessa celebração (e.g. 1000 anos da ótica árabe - Livro de ótica de Alhazen), assim como um resumo sobre as premiações conferidas ao LED azul e à microscopia de fluorescência com superresolução.

 

Escrevendo com a luz na vida e na arte

Brasil, 2013, Programa Simplifísica, cor, 30 min

Direção: Fernando Favaretto

Livre

A vida, como atualmente está organizada em nosso planeta, depende em grande parte dos seres vivos fotossintetizantes. E a vida na Terra não seria possível sem o Sol, o objeto mais brilhante e familiar no céu. A única estrela em nosso Sistema Solar, localizada no centro do mesmo, foi objeto de veneração em várias culturas ao longo da história da humanidade. Além de possibilitar a vida, nossa estrela também influenciou e influencia nossa organização social, desenvolvimento tecnológico, e se faz presente na cultura e na arte. A partir do encontro de dois olhares, de uma astrônoma e de uma fotógrafa, são discutidos alguns exemplos de como através da ciência aprendemos sobre os impactos causados pelo Sol na Terra e de como a observação e o uso da luz podem ter diferentes resultados expressivos.

Convidados: UFRGS TV, Ricardo Rego Bordalo (Departamento de Física/Instituto de Física/UFRGS), Daniela Pavani (Departamento de Astronomia/Instituto de Física/UFRGS) e Flavia de Quadros (FAMECOS/PUCRS)

Mediação: Katiane Pereira Maciel (CEENF)

 

20 de outubro

A Nostalgia da Luz

Nostalgie de la Lumière

Alemanha/Chile/ Espanha/França, 2010, Documentário, cor, 90 minutos

Direção: Patricio Guzmán

12 anos

No deserto de Atacama, astrônomos de todo o mundo se reúnem para observar as estrelas. Nessa região do Chile, a três mil metros de altitude, o calor do sol mantém intactos restos humanos. Ao mesmo tempo em que os astrônomos pesquisam as galáxias em busca de vida extraterrestre, mulheres procuram seus parentes na terra do deserto.

Convidados: Alan Alves Brito (Departamento de Astronomia/Instituto de Física/UFRGS), Ricardo Almeida (Comitê de Fronteira Brasil-Uruguay), Horacio Dottori (Departamento de Astronomia/Instituto de Física/UFRGS e Jorge Quillfeldt (Departamento de Biofísica/Instituto de Geociências/UFRGS)

Mediação: Alan Alves Brito

 

21 de outubro

Janela da Alma

Brasil, 2001, Documentário, cor, 73 minutos

Direção: João Jardim e Walter Carvalho

Livre

Dezenove pessoas com diferentes graus de deficiência visual, da miopia discreta à cegueira total, falam como se veem, como veem os outros e como percebem o mundo. O escritor e prêmio Nobel José Saramago, o músico Hermeto Paschoal, o cineasta Wim Wenders, o fotógrafo cego franco-esloveno Evgen Bavcar, o neurologista Oliver Sacks, a atriz Marieta Severo, o vereador cego Arnaldo Godoy, entre outros, fazem revelações pessoais e inesperadas sobre vários aspectos relativos à visão: o funcionamento fisiológico do olho, o uso de óculos e suas implicações sobre a personalidade.

Convidados: Sinara Robin (Departamento de Difusão Cultural – UFRGS), Claudia Zanatta (Instituto de Artes/UFRGS) e Maria Helena Steffani (Diretora do Planetário Prof. José Baptista Pereira/UFRGS).

Mediação: Ben-Hur Cardoso (DAEF)

 

22 de outubro

O Sal Da Terra

Le Sel de La Terre

Brasil/França, 2014, Documentário, cor, 110 minutos

Direção: Wim Wenders e Juliano Ribeiro Salgado

12 anos

O filme conta um pouco da longa trajetória do renomado fotógrafo brasileiro Sebastião Salgado e apresenta seu ambicioso projeto "Gênesis", expedição que tem como objetivo registrar, a partir de imagens, civilizações e regiões do planeta até então inexploradas.

Convidados: Jandir Hickmann (Grupo Optma /Instituto de Física/UFRGS)

Gerson Turelly (Agencia e Escola de Fotografia Câmara Viajante) e Rualdo Menegat (Instituto de Geociências/UFRGS)

Mediação: Jandir Hickmann

 

23 de outubro

2001 – UMA ODISSEIA NO ESPAÇO

2001: A Space Odyssey

EUA/Reino Unido, 1968, Ficção Científica, cor, 148min

Direção: Stanley Kubrick

Livre

Desde a "Aurora do Homem" (a pré-história), um misterioso monolito negro parece emitir sinais de outra civilização interferindo no nosso planeta. Quatro milhões de anos depois, no século XXI, uma equipe de astronautas liderados pelo experiente David Bowman (Keir Dullea) e Frank Poole (Gary Lockwood) é enviada a Júpiter para investigar o enigmático monolito na nave Discovery, totalmente controlada pelo computador HAL 9000. Entretanto, no meio da viagem HAL entra em pane e tenta assumir o controle da nave, eliminando um a um os tripulantes.

CONVIDADOS: Marcia Cristina Barbosa (Departamento de Física/Instituto de Física/UFRGS), Jeferson Arenzon (Departamento de Física/Instituto de Física/UFRGS) e

Marco Aurelio Idiart (Departamento de Física/Instituto de Física/UFRGS e Jorge Quillfeldt (Departamento de Biofísica/Instituto de Geociências/UFRGS)

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000