Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Notícias Cartilha foca a comunicação acessível e lúdica na proteção da covid-19 em pacientes com doenças raras

Cartilha foca a comunicação acessível e lúdica na proteção da covid-19 em pacientes com doenças raras

O livreto "Beto e o Coronavírus" foi desenvolvido pelo doutorando em Ciências Médicas Matheus Wilke e será apresentado no renomado simpósio internacional WORLD, dia 10
05/02/2021 10:52

O doutorando em Ciências Médicas da UFRGS (PPGCM) e residente do terceiro ano em Genética Médica no Hospital de Clínicas (HCPA) Matheus Wilke realiza, na quarta-feira, 10 de fevereiro, às 11h57 (horário de Brasília), uma apresentação oral do trabalho Informing patients with rare diseases about covid-19: Creation of the ‘Beto and the Coronavirus’ booklet durante o renomado simpósio internacional WORLD, que este ano será virtual e acontece de 8 a 12 de fevereiro.

O WORLD é o congresso internacional mais importante da área de doenças lisossômicas e, para surpresa de Matheus, selecionou o seu trabalho para ser apresentado na Sessão Especial Covid-19 e Ensaios Clínicos. "Beto e o Coronavírus" é uma cartilha lúdica que traz dicas de como se proteger do coronavírus, uma publicação desenvolvida por Matheus com o apoio da professora da UFRGS Ida Schwartz e de Carolina Souza, Franciele Trapp e Roberto Giugliani.

O livreto é uma divulgação científica que informa sobre o fluxo de tratamento e as medidas de higiene para combater a covid-19 com foco em pacientes raros. “Meu projeto envolve doenças raras, principalmente os erros inatos do metabolismo. Nós focamos em melhor entender a relação dessas doenças com outras doenças comuns, como, por exemplo, a de Parkinson. Ainda, levamos à comunidade o conhecimento científico dessas doenças”, revela ele.

Como usar certo o sabonete e o álcool em gel. Ilustração: Cartilha 'Beto e o Coronavírus'/Divulgação.

"Beto e o Coronavírus" é um material que leva informação para leigos, usado para explicar aos pacientes o que é coronavírus, como se proteger e a melhor forma de seguir o tratamento. “Além de informar, o livreto contém atividades lúdicas para os pacientes mais novos. Beto é um personagem criado em 2011 e que tem uma doença rara chamada Mucopolissacaridose, o que permite maior identificação dos pacientes com os assuntos abordados no material”, elucida Matheus.

Para o doutorando, apresentar o resultado do seu trabalho em um evento internacional de renome como o WORLD Symposium é uma oportunidade única de dar publicidade às pesquisas e ao acompanhamento que é feito junto aos pacientes com doenças raras no Sul do Brasil. “Poderemos demonstrar a importância da comunicação simplificada e acessível para a comunicação de fluxos de tratamento, ou seja, uma comunicação para a comunidade. O nosso estudo segue essa linha ao trazer um livreto que permite adotar uma linguagem científica mais simples com a possibilidade de difundir o conhecimento, podendo competir com as inúmeras informações equivocadas que foram difundidas durante a pandemia”, salienta ele.

Feliz com a apresentação oral que fará no WORLD, Matheus diz que essa fala valoriza um trabalho que trata, principalmente, de comunicação acessível. “Espero que mais grupos de pesquisa sigam o nosso exemplo e direcionem à comunidade o conhecimento que é discutido sobre tratamentos e procedimentos voltados aos pacientes com doenças raras”.

Matheus Wilke, doutorando em Ciências Médicas da UFRGS e residente do terceiro ano em Genética Médica no HCPA. Foto: Divulgação.

Acesse

A cartilha "Beto e o Coronavírus" está disponível para download gratuito nas versões em Português, Espanhol, Inglês e Francês: https://igpt.org.br/br/igpt-lanca-cartilha-sobre-covid-19-no-dia-internacional-das-mps.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000