Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Notícias Compostos bioativos e antioxidantes são identificados em cervejas artesanais

Compostos bioativos e antioxidantes são identificados em cervejas artesanais

Além de descreverem 57 compostos fenólicos e 15 nitrogenados presentes na bebida, os pesquisadores demonstraram que essas substâncias podem ser usadas para distinguir estilos de cerveja
15/03/2019 15:01

Ao falar sobre a importância de seu objeto de pesquisa, o professor do Instituto de Ciência e Tecnologia dos Alimentos da UFRGS Jeverson Frazzon é enfático: “A cerveja acompanha o desenvolvimento da sociedade”. Não há consenso de quando foi que se começou a consumir o resultado da fermentação da cevada. Sabe-se, contudo, que a bebida foi parte importante da vida social e de cerimônias culturais e religiosas de diversos povos antigos, incluindo sumérios e egípcios. Sua descoberta provavelmente ocorreu por acidente, com sua origem podendo remeter a até 10 mil anos atrás. “Existem vários relatos de que esse tipo de vida que nós temos, agrupados em sociedade, tem aspectos relacionados à cerveja”, comenta o professor. Não é por acaso que essa é a bebida alcoólica mais consumida no mundo. Apesar dessa longa história, entretanto, pouco se conhece ainda sobre suas propriedades e seus benefícios.

Leia a matéria completa no UFRGS Ciência.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000