Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Notícias Grupo internacional publica estudo pioneiro sobre efeito da radiação solar no ciclo do nitrogênio

Grupo internacional publica estudo pioneiro sobre efeito da radiação solar no ciclo do nitrogênio

Com participação de professores brasileiros, da UFRGS e da UNESP, pesquisa mostra que alguns tipos de solo podem ajudar a reduzir a contaminação por gases NOx, que são prejudiciais à saúde e contribuem para o aquecimento global
13/02/2020 11:59

A presença de gases NOx (termo genérico para definir o grupo de gases formados por óxido nítrico e dióxido de nitrogênio) na atmosfera afeta a qualidade do ar e contribui para o aquecimento global e para a ocorrência de chuva ácida. Derivados principalmente da queima de combustíveis fósseis, de incêndios florestais, de erupções vulcânicas e também das transformações de nitrogênio no solo, os gases NOx podem ser convertidos em nitrato a partir de reações no solo promovidas pela radiação solar. Essa transformação foi demonstrada por um grupo internacional de pesquisadores e está publicada no artigo Photochemical emission and fixation of NOx gases in soils, na revista Science of the Total Enviroment. A pesquisa, coordenada pelo professor Vidal Barrón, da Universidade de Córdoba (Espanha), tem a participação de dois brasileiros: Alberto Vasconcellos Inda Jr., da UFRGS, e José Marques Jr., da UNESP-Jaboticabal.

A descoberta do grupo é a peça que faltava no quebra-cabeça do ciclo do nitrogênio, que, embora seja conhecido há mais de cem anos, não incluía o efeito da radiação solar como ator nesse processo.

Confira a matéria completa no site UFRGS Ciência.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000