Você está aqui: Página Inicial Notícias Pesquisadores identificam anã branca com atmosfera de oxigênio

Pesquisadores identificam anã branca com atmosfera de oxigênio

Descoberta da primeira anã branca com atmosfera composta dominantemente por oxigênio se revela um importante objeto de estudos sobre evolução estelar
01/04/2016 16:07

Pesquisadores da UFRGS e da Universidade de Kiel, na Alemanha, identificaram, pela primeira vez, uma anã branca com atmosfera dominantemente composta por oxigênio. O surpreendente, segundo o estudo publicado na revista Science nesta sexta-feira, 1º de abril, é que, diferentemente das anãs brancas conhecidas até então, que possuem atmosferas dominadas por hidrogênio e hélio, a nova estrela não possui traços de nenhum dos dois elementos. A descoberta desafia os modelos de evolução estelar existentes, que não preveem um objeto como o observado e se revela um importante objeto de estudos sobre o caminho evolutivo das estrelas.

Participaram da pesquisa, o professor da UFRGS Kepler Oliveira, o professor da Universidade de Kiel, na Alemanha, Detlev Koester e o bolsista de iniciação científica Gustavo Ourique. A descoberta foi feita no meio do ano passado, quando os pesquisadores analisavam os 4,5 milhões de espectros do Sloan Digital Sky Survey, procurando por novas anãs brancas.

Confira a matéria completa no UFRGS Ciência.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000