Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Notícias Professor da UFRGS recebe prêmio mundial de Jovem Pesquisador

Professor da UFRGS recebe prêmio mundial de Jovem Pesquisador

Leandro Godoy, da Faculdade de Agronomia, recebeu a distinção em reconhecimento pelo trabalho na conservação de organismos aquáticos
05/08/2019 09:38

O professor da Faculdade de Agronomia da UFRGS Leandro Godoy recebeu o prêmio Young Investigator Award (Prêmio Jovem Pesquisador), concedido pela Sociedade Mundial de Criobiologia. A distinção é um reconhecimento ao trabalho do pesquisador na área de conservação de organismos aquáticos, como o Hypancistrus zebra, um peixe ornamental amazônico ameaçado de extinção.

A equipe de pesquisadores liderada pelo professor conseguiu coletar os gametas do peixe e desenvolver um protocolo para o congelamento do sêmen – preservando, dessa forma, o material genético da espécie (leia mais sobre a pesquisa no UFRGS Ciência). O docente também coordena o projeto ReefBank, cujo objetivo é usar biotecnologias como a reprodução in vitro e a criopreservação (estocagem em baixa temperatura) para conservação de recifes de coral. Os recifes de coral são responsáveis por pelo menos 25% de toda a vida no oceano; no entanto, quase metade deles já morreram em decorrência do aquecimento global.

Para o professor, receber um reconhecimento desses é extremamente gratificante.  “Esse prêmio é um estímulo para seguir pesquisando com dedicação e auxiliando na formação de jovens conscientes do seu papel como cidadão”, afirma.

Sobre o prêmio e a Sociedade Mundial de Criobiologia – O Young Investigator Award é concedido pela Sociedade Mundial de Criobiologia (Society for Cryobiology - SfC), com o objetivo de reconhecer cientistas no início de suas carreiras (até 10 anos após o doutorado) que se destacam pela qualidade e inovação de suas pesquisas. A escolha do ganhador é feita com base na avaliação do currículo e nas cartas de recomendação do conselho da SfC. A cerimônia de premiação foi realizada no dia 24 de julho, durante o congresso anual da entidade em San Diego (EUA).

A Sociedade Mundial de Criobiologia foi fundada em 1964 para reunir cientistas das áreas biológicas, médicas e físicas que têm um interesse comum no efeito das baixas temperaturas nos sistemas biológicos. O objetivo da Sociedade é promover a pesquisa científica em biologia de baixa temperatura para melhorar a compreensão neste campo e para disseminar e aplicar esse conhecimento em benefício da humanidade.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000