Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Notícias Projeto da UFRGS recebe menção honrosa em maior prêmio do país na área de patrimônio histórico e cultural

Projeto da UFRGS recebe menção honrosa em maior prêmio do país na área de patrimônio histórico e cultural

Antigo prédio do Instituto de Química Industrial da Universidade foi restaurado e revitalizado para abrigar o Centro Cultural
09/12/2019 18:08

O projeto do Centro Cultural da UFRGS, adaptado a partir da restauração do prédio do antigo Instituto de Química pelo Setor de Patrimônio Histórico (SPH) da Universidade, recebeu menção honrosa no Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade 2019. A distinção é concedida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O projeto da UFRGS conquistou a distinção na categoria Iniciativas de excelência no campo do Patrimônio Cultural Material, no segmento Entidades Governamentais. A cerimônia de entrega da premiação ocorreu nesta quinta-feira, 5 de dezembro, no Rio de Janeiro, e contou com a presença do arquiteto do SPH Igara Paquola.

A restauração do prédio antigo, reinaugurado em agosto de 2018 como Centro Cultural da UFRGS, é mais uma ação do Projeto Resgate do Patrimônio Histórico e Cultural da UFRGS, que, desde 1999, promove a preservação do acervo edificado da Universidade, composto por duas gerações históricas e artísticas de prédios do século XIX e XX de valor histórico-cultural legitimado por instituições especializadas. O projeto reconhecido pela premiação deste ano contou com recursos próprios da Universidade e outros advindos da captação por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura.

Sobre o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade

O Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, de caráter nacional, é promovido pelo Iphan desde 1987 em reconhecimento às ações de preservação do patrimônio cultural brasileiro que, em razão da sua originalidade, criatividade, relevância e caráter exemplar, mereçam registro, divulgação e reconhecimento público.

O Prêmio leva o nome do advogado, escritor e jornalista Rodrigo Melo Franco de Andrade, primeiro presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), cuja data de nascimento, 17 de agosto de 1898, também marca o Dia Nacional do Patrimônio Histórico, instituído em 1998.

A menção honrosa é concedida para aquelas ações que não receberão a premiação principal, mas cujo mérito da ação para a preservação e/ou salvaguarda do patrimônio cultural brasileiro seja consenso entre os jurados da Comissão Nacional.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000