Ir para o conteúdo Ir para a navegação

Você está aqui: Página Inicial Notícias UFRGS fará a revisão do Plano Diretor do Município de Xangri-Lá

UFRGS fará a revisão do Plano Diretor do Município de Xangri-Lá

Convênio assinado na manhã de hoje possibilitará à cidade do Litoral Norte estabelecer diretrizes para o seu crescimento
30/07/2019 12:35

Galeria de Imagens

A UFRGS e o Município de Xangri-Lá assinaram na manhã desta terça-feira, dia 30 de julho, um convênio para desenvolver a revisão do Plano Diretor da cidade. O projeto será executado em duas etapas, nos próximos doze meses, pelo Núcleo de Tecnologia Urbana da Faculdade de Arquitetura, coordenado pelo professor Benamy Turkienicz. Na primeira etapa, serão organizados a base de dados georreferenciada e o diagnóstico dos principais problemas e potencialidades do município. Na última etapa, com previsão de conclusão até o dia 23 junho de 2020, serão sistematizadas as propostas para o desenvolvimento municipal; ainda nessa fase será dado o suporte ao Executivo e à Câmara nas discussões, análises e aprovação da nova Lei do Plano Diretor.

O projeto envolve a capacitação dos técnicos da prefeitura na utilização de tecnologias e ferramentas de planejamento urbano de modelagem e simulação na caracterização de horizontes de desenvolvimento municipal (Leitura Técnica) e a elaboração de estratégias da participação da comunidade na definição desses horizontes (Leitura Comunitária). Estão programadas, pelo menos, oito oficinas territoriais e temáticas, duas audiências públicas e uma Conferência Municipal.

O prefeito Cilon Rodrigues da Silveira disse que procurou a UFRGS em busca da capacidade técnica que a Universidade possui. O gestor municipal avalia que o atual plano diretor da cidade necessita de uma revisão completa e disse esperar que o novo documento traga um panorama completo sobre a cidade, a partir de uma visão que supere interesses setoriais para contemplar o interesse coletivo.

Potencial da região

Responsável por desenvolver o projeto, o professor Benamy Turkienicz avalia que “o principal problema enfrentado pelo município está em sua matriz econômica: dimensionado para atender uma população de veraneio, sua arrecadação depende quase que exclusivamente do IPTU. As transformações demográficas, além de anunciar a demanda por novos serviços, criam também um grande potencial de diversificação da matriz econômica”. Benamy acredita que Xangri-Lá tenha grandes possibilidades de aumentar sua arrecadação através da sua diversificação econômica, o que vai impactar na superação de problemas de saneamento – principalmente, o esgoto cloacal, ameaça potencial à sua vocação turística e de lazer.  “Xangri-Lá tem todos os ingredientes para se transformar em referência de ocupação sustentável do Litoral Norte do RS”, afirma o professor.

A presença da UFRGS no Litoral Norte, comentou o reitor Rui Vicente Oppermann, coloca como prioritárias as interações da UFRGS com as cidades daquela região. De acordo com Oppermann, o convênio assinado hoje pode ser impulsionador para várias outras parcerias da UFRGS com os municípios litorâneos, envolvendo, por exemplo, a Engenharia de Serviços e o Desenvolvimento Regional, cursos presentes no Campus Litoral Norte. Além do reitor e da vice-reitoria Jane Tutikian, a cerimônia de assinatura contou com a participação do secretário de Administração, Anilton Valnei de Aquino Júnior, e do presidente da Fundação Luiz Englert, André Cezar Zingano.

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Av. Paulo Gama, 110 - Bairro Farroupilha - Porto Alegre - Rio Grande do Sul
CEP: 90040-060 - Fone: +55 51 33086000