Estão sendo restaurados os bancos de concreto de cor verde, localizados em frente ao Prédio Central e arredores, com substituição de partes em madeira e renovação da pintura.

Estes bancos constituem um valioso patrimônio histórico para a cidade de Porto Alegre e a própria UFRGS. Segundo as informações disponíveis, faziam parte das instalações do antigo Auditório Araújo Vianna, que originalmente, entre 1926 e 1960, estava situado na Praça da Matriz, onde hoje está o prédio da Assembleia Legislativa, próximo ao Tetro São Pedro. Os mais de 400 bancos foram possivelmente confeccionados antes de 1927, em uma fábrica de artefatos de cimento nos fundos da casa do engenheiro italiano Armando Boni, na Rua Marquês do Pombal, o qual chegou a Porto Alegre na década de 1910 e desenhou e fabricou as peças de concreto armado, finalizadas a mão, e também foi responsável por projetar o auditório, inaugurado em 1927. Em 1960, o auditório deu lugar à construção do Palácio Farroupilha, inaugurado em 1967, e os bancos foram distribuídos em vários pontos de Porto Alegre, como Parque da Redenção, algumas praças e dependências da UFRGS, de onde cerca de 10 ou 12 bancos foram transferidos para a FAGRO, possivelmente na década de 1990.

Mais informações a respeito podem ser acessadas nos endereços:

https://gauchazh.clicrbs.com.br/porto-alegre/noticia/2016/10/por-onde-estao-espalhados-os-bancos-do-antigo-auditorio-araujo-vianna-8059610.html

http://www2.al.rs.gov.br/recepcao/OsCaminhosdaMatriz/APra%C3%A7adaMatriz/tabid/5941/Default.aspx

Cabe então destacar a importância da correta utilização e preservação deste

valioso patrimônio.

Bancos_fotos