SEMINARIO EM CIENCIA DO SOLO


"Diversidade e composição das comunidades microbianas em solos sob cultivo de videira"

Doutoranda: Naihana Schaffer
Orientador: Flavio A.O. Camargo

Data: 2/MAIO/2018 SALA PG 08 14h

Resumo:

A atividade vitivinícola na região da Serra Gaúcha foi iniciada a mais de 100 anos pelos imigrantes italianos e desempenha um papel de grande relevância econômica para o Estado do Rio Grande do Sul. Atualmente a renovação dos vinhedos da região tem disso um desafio, pois a má qualidade das mudas, presença de patógenos de solo, insetos-pragas, altas concentrações de cobre (Cu) e o uso intenso de herbicidas, o que pode resultar no declínio e morte dos vinhedos. Com isso, a Embrapa Uva e Vinho em parceria com diversas instituições públicas e privadas desenvolveu o Projeto Renovitis, onde foram instalados ensaios visando à correção dos desequilíbrios abióticos e bióticos tanto do solo, quanto do material vegetativo. Devido à presença de altos teores de Cu nessas áreas supõe-se que esse fator abiótico influencie negativamente a diversidade das comunidades microbianas de bactérias e arqueobactérias do solo. A partir das práticas de manejo adotadas no projeto, supõe-se que essa comunidade retorne a sua condição original, ou ocorra o favorecimento de grupos com função estratégica como de remediação. As hipóteses serão testadas a partir da avaliação do efeito do Cu na microbiota de solos de três vinhedos da Serra Gaúcha, os quais apresentam histórico de aplicação de calda bordalesa. Para alcançar esse objetivo, esse projeto de tese terá três estudos: I) avalição de parâmetros microbiológicos do solo, biomassa microbiana (carbono e nitrogênio), respiração microbiana, quociente de carbono e quociente microbiano (monitoramento por dois anos); II) seqüenciamento parcial da região 16S rRNA na plataforma Ion Torrent aliado a técnicas de bioinformática, para identificação dos microrganismos predominantes a nível de gênero e calculo dos índices de diversidade microbiana;III) simulação das concetrações de Cu encontradas em solos de vinhedos da região, conduzido em unidades experimentais a campo. Além disso, será utilizado o seqüenciamento parcial da região 16S rRNA na plataforma Ion Torrent e as técnicas de bioinformática. Com isso, os resultados desses estudos poderão demonstrar como a comunidade microbiana se comporta em relação à contaminação oriunda da adição abrupta de Cu ao solo.