SEMINÁRIO EM CIÊNCIA DO SOLO

 

04/JULHO/2018 - 15h - Sala PG08

 

MODELAGEM DO REGIME HIDROSSEDIMENTOLÓGICO EM UMA PEQUENA BACIA HIDROGRÁFICA SOB MUDANÇAS DO USO DO SOL

 

Joelma Divina Murliki

Engª Agrª (UFRGS), M.Sc. Ciência do Solo (UFRGS)

 

Orientador: Carlos Gustavo Tornquist

As pequenas propriedades rurais apresentam o uso dinâmico do solo como característica em comum. Geralmente, impulsionadas pelo mercado, estas áreas estão em constante mudança de usos e manejos. Essa dinâmica associada ao fato destas, em sua maioria, ocuparem áreas marginais e de grande fragilidade ambiental, como várzeas de rios e encostas, áreas que muitas vezes são impróprias para a agricultura ocasionando um grande passivo ambiental devido a degradação do solo e da água. O modelo hidrossedimentológico Soil and Water Assesment Tool (SWAT) tem sido utilizado em bacias hidrográficas para avaliar e simular o efeito das mudanças de uso do solo sobre os processos hidrossedimentológico, bem como processos erosivos e seus efeitos na qualidade da água. Este trabalho tem como objetivos calibrar o modelo SWAT com a série temporal de precipitação e demais variáveis climatológica que compreendem o período de 2011-2014 e validar o modelo com o período de 2015-2016, avaliar os efeitos das mudanças de uso do solo sobre os processos hidrossedimentológicos e a eficiência e as limitações do SWAT em simular o escoamento superficial e produção de sedimentos (diários) em uma pequena bacia hidrográfica rural, localizada no município de Arvorezinha/RS. Também serão avaliados cenários conservacionistas, para verificar a eficiência dos mesmos em minimizar os impactos causados pela agricultura em uma área de grande fragilidade ambiental com mão-de-obra cada vez mais escassa e pouca ou quase inexistente a assistência técnica a essas famílias. Assim ferramentas de gestão associadas as práticas de conservação do solo e da água, podem ser alternativas viáveis para se produzir de uma forma menos danosa ao ambiente.