Veja o depoimento do Doutorando Marcos Vinícius Araújo:

"Desde o mestrado estou engajado em pesquisas relacionadas ao vinho, consumo, sustentabilidade e tendências. Este envolvimento me levou a questionamentos mais profundos em relação ao consumo de vinho espumante, como as razões sociais que levam ao seu consumo. Buscando teorias que pudessem colaborar em possíveis respostas, encontrei na psicologia social, estudos culturais e marketing alguns direcionamentos.

No Brasil, sou doutorando pelo Programa de Pós-Graduação em Agronegócios, do Centro de Estudos e Pesquisas em Agronegócios da UFRGS (CEPAN/UFRGS), orientado pela Profa. Dra. Kelly Lissandra Bruch e coorientado pela Professora Daniela Callegaro. Minha pesquisa visa compreender as influências das representações sociais no consumo do vinho espumante.

Esta é uma teoria da psicologia social, mas que permeia em outras áreas, como estudos culturais, sociologia e marketing. Para aprofundar meu domínio na teoria e a relação com o vinho, fui aceito no Laboratório de Psicologia Social da Aix-Marseille Université (LPS/AMU), orientado pelo Prof. Dr. Grégory Lo Monaco. O professor desenvolve pesquisas no tema desde 2008, com foco nas representações sociais do vinho na França. Com apoio do PPGAgronegócios, celebrou-se um acordo de cotutela  entre  UFRGS E AMU, que possibilita a dupla diplomação, e fui contemplado com bolsa do Programa de Doutorado Sanduíche da CAPES (PDSE-CAPES, edital 47/2017), que financia alunos de doutorado para fazerem parte de suas pesquisas no exterior.

O objetivo do período na França é acompanhar algumas disciplinas sobre a teoria e metodologia de pesquisa, principalmente estatística aplicada. Além disso, trabalhar em colaboração com outros pesquisadores e doutorandos do laboratório, que também desenvolvem pesquisas na área. Ao final, aplicarei a metodologia com franceses, visto que ainda não existem pesquisas sobre a representação social do vinho espumante na França. Com o apoio do setor, principalmente do IBRAVIN, será possível cruzar dados de consumo e também das representações sociais do vinho espumante no Brasil, visto que há um recente fenômeno de crescimento de consumo no Brasil."

 

Marcos Vinícius Araujo

Publicitário (UFG), mestre e doutorando em Agronegócios – PPGAgronegócios-CEPAN/UFRGS e  doutorando em Psicologia – LPS/AMU (Cotutela).