Nesta segunda-feira, 17 de setembro, ocorreu na Estação Experimental o primeiro dia de campo sobre o Teste de Eficiência Alimentar realizado em parceria entre a Estação e a Associação Brasileira de Angus. O dia de campo contou com a presença da Associação bem como de seus associados, donos dos touros em teste, além da Direção e servidores da Estação, professores e alunos do curso de Zootecnia. O teste de eficiência vem acontecendo desde o dia 30 de julho e com término previsto o dia 10 de outubro, que tem como objetivo avaliar os animais quanto a sua eficiência alimentar através do Consumo Alimentar Residual, que é uma das formas de se avaliar a eficiência alimentar existentes. Esta medida é independente de características como peso vivo e ganho médio diário, o qual não acarreta no aumento do tamanho adulto dos animais selecionados. A seleção para esta característica permite selecionar animais que possuam um consumo de alimento menor mas com o mesmo desempenho de ganho de peso, pois ela seleciona animais com maior capacidade de aproveitamento dos alimentos. Está medida vem entrando dentro dos programas de melhoramento como uma ferramenta para auxiliar a diminuição com os custos de alimentação sem afetar outras características produtivas como ganho de peso e qualidade da carne.

(foto 1) (foto 2) (foto 3) (foto 4) (foto 5) (vídeo 1)