SEMINÁRIOS EM CIÊNCIA DO SOLO

 

Quarta-feira, 22/MAIO/19, 15h, na sala PG 08

 

Título: AVALIAÇÃO DE SERVIÇOS ECOSSISTÊMICOS DO SOLO NA REGIÃO CENTRAL DO PLANALTO DO RIO GRANDE DO SUL

 

José Igor Almeida Castro

Mestrando em Ciência do Solo, Engenheiro Agrônomo (UFC)

 

Orientador: Prof. Carlos Gustavo Tornquist

 

Resumo: O solo é um recurso essencial para a humanidade e o meio ambiente, sendo capaz de fornecer serviços ecossistêmicos na forma de benefícios importantes para obtenção de qualidade de vida e sustentabilidade ambiental. A avaliação dos serviços ecossistêmicos é eficaz para a compreensão das complexas relações que existem entre a natureza e o homem, auxiliando de forma categórica nas tomadas de decisões para o uso e manejo da terra e no desenvolvimento de políticas ambientais. O uso de métodos integrados para avaliação dos serviços ecossistêmicos que envolvem o levantamento de dados em campo e uso de ferramentas de análise espacial, permitem o mapeamento e modelagem do sistema, sendo úteis na quantificação da oferta, da demanda ou do fluxo dos serviços ecossistêmicos, podendo também atribuir um valor monetário ao serviço prestado. Atualmente, múltiplas ferramentas de avaliação têm sido propostas, contudo, não são identificados muitos trabalhos com uso dessas ferramentas para detalhar e refinar o papel dos solos. Neste contexto, o presente estudo tem por objetivo avaliar a aplicabilidade da ferramenta InVEST na avaliação dos serviços ecossistêmicos do solo para a região central do Planalto do Rio Grande do Sul. Foram levados em consideração os diferentes níveis de escala e os dados de entrada requisitados para cada módulo avaliado. Os principais módulos que avaliam as funções do solo são os de estoque de carbono, retenção de sedimentos, retenção de nutrientes e produtividade de culturas. O resultado desse trabalho permitirá sugerir abordagens para avaliar os serviços ecossistêmicos do solo em áreas de produção agrícola intensiva, podendo auxiliar na tomada de decisões em projetos de conservação do ambiente, além de servir como base para estudos econômicos de valoração dos serviços.