SEMINÁRIO EM CIÊNCIA DO SOLO

 

Quarta-feira, 06/NOV/2019, 14h, na sala PG 08

 

Título: Aspectos da segurança hídrica em solos sob sistemas agroflorestais na serra gaúcha

 

Roberto de Rossi Ferreira

Mestrando em Ciência do Solo, Engenheiro Florestal (UNIPAMPA)

 

Orientador: Prof. Getúlio Coutinho Figueiredo

 

 

Resumo:

As grandes concentrações em centros urbanos, o uso e a ocupação do solo indiscriminados, associados a outros fatores, podem potencializar crises hídricas. Para dialogar sobre questões relacionadas à água, idealizou-se o conceito de “segurança hídrica”. Tal conceito engloba a utilização de estratégias de produção mais sustentáveis, como os sistemas agroflorestais (SAF’s), uma alternativa viável especialmente para pequenos produtores rurais. Sob a hipótese que “a adoção de SAF’s em solos sob vegetação secundária garante estado da segurança hídrica mais próximo da condição natural da floresta ombrófila mista em relação à sua conversão em pastagem bovina”, o objetivo da pesquisa é avaliar SAF’s com cultivo de erva mate ou com pastoreio animal e seus efeitos sobre a dinâmica da água no solo. O local de estudo encontra-se no bioma da Mata Atlântica, sendo o projeto executado na Comunidade do Caconde, localizada nos municípios de São Francisco de Paula e Rolante-RS, com predominância de Cambissolos e Neossolos. As áreas experimentais apresentam estágios de regeneração da vegetação secundária – inicial e médio (ambos sob SAF há três e cinco anos) – pastagem para produção animal e mata nativa. O delineamento experimental é o de blocos casualizados, com quatro repetições. Os tratamentos experimentais seguem o esquema fatorial (2 x 2) + 1 + 1, correspondendo a dois estágios de regeneração, duas idades do SAF, uma pastagem e uma mata nativa. Serão realizadas avaliações in situ e no laboratório. As avaliações in situ compreenderão a resistência do solo à penetração e a condutividade hidráulica do solo saturado nas profundidades de (0,0-0,2), (0,2-0,4) e (0,4-0,6) m, além da análise visual da estrutura do solo. As avaliações em laboratório consistirão da curva de retenção de água no solo, distribuição de tamanho e de frequência de volume de poros, porosidade total, textura e densidade do solo. Para tanto, amostras indeformadas de solo serão coletadas utilizando anéis volumétricos de 100 cm³. Os dados serão submetidos à ANOVA, teste de Tukey e contrastes ortogonais. Com os resultados obtidos espera-se compreender mais claramente o efeito do pastoreio animal sobre a dinâmica da água no solo e seus aspectos condicionantes da segurança hídrica em SAF’s.