Gestão de Desenvolvimento de Projetos

A disciplina de Gestão de Desenvolvimento de Projetos, ministrada pelo professor Maurício Bernardes, faz com que os alunos pratiquem uma abordagem de Learning by doing (aprender fazendo ou aprendizagem na prática). Eles têm que desenvolver um jogo de mesa e, em paralelo, gerenciar o projeto de acordo com os conceitos visto em sala de aula. Para tornar a disciplina mais atrativa, o professor Maurício Bernardes transformou também em um jogo. Ele explicou que era diretor de uma empresa que precisa desenvolver um jogo de mesa para uma grande fabricante de brinquedos nacional. Então, os alunos se reportaram a ele, como diretor. Devem, ao final da disciplina, entregar um protótipo do jogo e sua pasta de gestão de projetos, que comprova como gerenciaram o desenvolvimento do projeto do jogo em si.

Projeto das discentes Daniella Dotto, Isadora Blank, Jessica Monteavaro Garbin, Luisa Scaletsky e Martha Fogliatto Prado

Explorar uma trilha é se distanciar da nossa zona de conforto e superar nossos limites, nos surpreendendo com o que a natureza pode nos presentear. Com o jogo Na Trilha, é possível imergir em um universo de aventuras pelos caminhos mais extraordinários do mundo. Um simples deck de cartas que garante muitas risadas entre os amigos foi idealizado e desenvolvido por cinco designers parceiras durante a disciplina de Gestão e Desenvolvimento de Projetos em 2017. Na Trilha trata-se de um jogo colaborativo no qual todos os jogadores devem formar a sequência correta de cartas na mesa para completar uma trilha, porém sem ver as cartas em sua mão. Desta forma, cada participante precisa ajudar o outro através de dicas se quiser completar mais trilhas. O interessante em cada partida é permitir-se desconectar das nossas rotinas e explorar novos caminhos, descobrindo paisagens de tirar o fôlego. Prepare sua equipe e supere seus limites.

1 thought on “Gestão de Desenvolvimento de Projetos

  1. Muito bacana a ideia. Não entendi muito como funciona a sequencia de fotos (?), ou dicas sobre as características, sensações sentidas x imagem correspondente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *