Movimentos Formativos na Escola: entre experiências de docência e ensaios de teatro, de Fabiano Hanauer ABEGG.


A dissertação apresenta os movimentos de formação continuada para professores que vem sendo implementados a partir de 2011 nas escolas estaduais, destacando as aprendizagens desencadeadas por este processo na Escola Estadual de Ensino Médio Emília Viega da Rocha, do distrito de Morungava, no município de Gravataí no Rio Grande do Sul. Dentre os diferentes movimentos de formação docente que são propostos nessa escola, considerando o ambiente escolar como um espaço de confronto e de luta entre forças de conservação (vontade de verdade) e forças de criação (vontade de potência), a pesquisa tem por objetivo narrar as experiências que se apresentaram como um exercício de modificação da prática docente, especialmente aquelas inspiradas nos momentos de ensaio de teatro, tanto do grupo Garras de Anjo quanto do grupo Cooperativa de Teatro e propor oficinas de formação que permitam ensaiar outros modos de ser e fazer a docência, especialmente a partir das técnicas de trabalho do ator utilizadas nos ensaios destes grupos teatrais. As discussões teóricas que servem de base para essa pesquisa (o dandismo pedagógico, a estética da existência, o ensaio e a experiência) apoiam-se, especialmente nas ideias de Montaigne, Nietzsche, Foucault, Agamben e Schechner. Além de apresentar os movimentos formativos que se processam na escola, ocorreu um esforço de intervenção nesse processo através da realização de três oficinas de formação com proposição de exercícios que coloquem em movimento a prática dos professores, avaliando as possibilidades dos ensaios de experiências de formação docente, através dos jogos teatrais. Com essa inspiração, o acesso ao ambiente empírico escolar foi se constituindo a partir de fontes múltiplas, devido à sua instabilidade e ao desejo de ampliar a quantidade e a qualidade dos registros. Por isso, a análise dos movimentos de formação e das oficinas foi feito a partir das observações de pesquisa e relatos variados, entrevista audiogravadas, videogravações, cujas transcrições foram sintetizadas no Memorial de Formação Docente da Escola Emília 2011-2012, que reúne um farto material analisado sob o recorte de três eixos temáticos principais, todos eles intimamente ligados às técnicas de ensaio dos atores de teatro: o corpo, o ensaio e o movimento.

Leia a dissertação completa aqui.

ABEGG, Fabiano Hanauer. Movimentos Formativos na Escola: entre experiências de docência e ensaios de teatro, 2013.