Para pensar o horizonte da arte e da educação na contemporaneidade, de Carmen Lúcia Capra, Daniel Bruno Momoli e Luciana Gruppelli Loponte


Este artigo pretende problematizar a relação entre as artes visuais e a educação básica, levando em conta a emergência de novos modos de habitar a escola, como os surgidos a partir de ocupações em escolas públicas por estudantes no Brasil desde o ano de 2015. Acredita-se que tanto a arte quanto a educação, compreendidas como campos expandidos e abertos de pensamento, podem aprender mutuamente outros modos de enfrentar as urgências de nosso tempo em relação à educação básica em território brasileiro, com atenção especial às artes visuais nesse contexto. Para a discussão proposta, tomamos como interlocutores teóricos filósofos como Michel Foucault, Giorgio Agamben e Jaques Rancière, entre outros, interrogando sobre a arte que se tem levado para a escola e sobre a experiência com as artes visuais que lá se tem desenvolvido. Entendemos que a escola de hoje exige modos de agir e de se conduzir as artes visuais que atendam ao que se passa no presente da existência comum e partilhada entre os seus habitantes.

O artigo está disponível aqui.

Referência: CAPRA (UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL — UERGS, MONTENEGRO/RS, BRASIL), Carmen Lúcia; MOMOLI (UNIVERSIDADE ALTO VALE DO RIO DO PEIXE — UNIARP, CAÇADOR/SC, BRASIL), Daniel Bruno; LOPONTE (UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL — UFRGS, PORTO ALEGRE/RS, BRASIL), Luciana Gruppelli. Para pensar o horizonte da arte e da educação na contemporaneidade. Revista GEARTE, [S.l.], v. 3, n. 2, ago. 2016. ISSN 2357-9854. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/index.php/gearte/article/view/65911/38577>. Acesso em: 09 nov. 2016.


Deixe uma resposta para Adriano Morais Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

2 thoughts on “Para pensar o horizonte da arte e da educação na contemporaneidade, de Carmen Lúcia Capra, Daniel Bruno Momoli e Luciana Gruppelli Loponte