Arquivos de Tag : #formação docente


ALGUMAS COISAS QUE (DES)APRENDI COM A ARTE

(Imagem do acervo) Algumas coisas que (des)aprendi com a arte que ela está onde aparentemente não está, e que isso provoca deslocamentos importantes na educação; que ela é um campo em eterno campo, portanto toda e qualquer definição sempre será um erro; que organizar-se é uma forma de aprender e que ela tem muito a […]

DSC_0023

Dobradura para pensar novas palavras para arte, escola e educação

ARTESTÁGIOS – VIII FÓRUM DE PROJETOS DE ENSINO EM ARTES VISUAIS

Nos dias 13 e 14 de maio de 2019 aconteceu na Pinacoteca Barão de Santo Ângelo, no Instituto de Artes da UFRGS, a oitava edição do ARTESTÁGIOS, com o tema: Diferenças e Resistência. O terceiro dia do evento, 15 de maio, foi incorporado às ações de mobilização do Ato em Defesa da Educação Pública.   […]


MULHERES ARTISTAS NAS AULAS DE ARTE: MULTIPLICAR HORIZONTES ÉTICOS E ESTÉTICOS

Rosangela Rennó,Espelho Diário [Fragmento], 2001 http://www.rosangelarenno.com.br/obras/view/26/1 No momento em que estas linhas vão ganhando existência, o desbotado enunciado “menino veste azul e menina veste rosa”, que prima pela dualidade e anseia pela fixidez dos gêneros, torna-se pauta no discurso de certos setores políticos e mote de discussões que o endossam ou o rejeitam. E, certamente, […]

Rennó

alys

POR QUE AS ARTES SÃO IMPORTANTES PARA NOSSA VIDA?

Francis Alÿs , When Faith Moves Mountains [Quando a fé move montanhas], (2002). Adoro as perguntas ordinárias – da ordem do dia, de dentro. Gosto pouco das extraordinárias, são extras mesmo, de fora. Essa pergunta já contempla e instala um nós, pessoas-em-plural – nossa vida. Somos mestiços, híbridos, complexos, em permanente mutação. Somos constantes exercícios […]


POR QUE NECESSITAMOS MUDAR AS PRÁTICAS E MUDAR AS FORMAS DE VIDA?

 CONTAMINAÇÕES INTERDISCIPLINARES COM MARRONS ENFERRUJADOS Como todos os anos, a primeira aula começa com todas as alunas, futuras professoras de Educação Primária, fora das salas de aula da universidade. No ano acadêmico de 2017-2018, iniciamos nossas atividades com a  exposição Bibliotecas Insólitas, com curadoria de Glòria Picazo, que aconteceu de 16 de junho a 10 de […]

Diapositiva1

ElSy_casadopovo_MG_3965

O enriquecimento do espaço controverso entre arte e pedagogia a partir do intercâmbio de conhecimento entre Brasil e Colômbia no sistema complexo arte e pedagogia, de Bernardo Bustamante Cardona

Resumo:O enriquecimento do espaço controverso entre arte e pedagogia a partir do intercâmbio de conhecimento entre Brasil e Colômbia no sistema complexo arte e pedagogia – O objetivo deste trabalho visa descrever as contribuições da relação Brasil-Colômbia no complexo sistema entre arte e pedagogia que se concretiza na troca de ideias e pessoas (pesquisadores e […]


COMO COMEÇAR UMA AULA?

Hicham Benohoud: Foto da série La salle de classe (2000-2002) Para começar é preciso dar um salto… O começo é mais difícil… Começar é fácil… Começar? Os anos começam e terminam assim como os nossos calendários nas escolas e universidades. São planejamentos de um lado, datas, projetos, ações, mais datas, mais projetos, mais encontros de […]

Como começar uma aula?
TEXTOS PARA ABRIR UMA CONVERSA

Slide2

Formar professores, um gesto de resistência, de Daniel Bruno Momoli

Resumo: O gesto de resistência descrito neste texto é constituído pelo cruzamento de duas linhas de força que se entrelaçam: a primeira, consiste na confissão da pobreza de experiência de um professor formador de professores; e a segunda é uma problematização sobre a formação de professores como lugar de resistência capaz de permitir a criação […]