UFRGS conquista o quinto lugar nacional no ranking do CWUR

Dentre as universidades latino-americanas, instituição se manteve na nona posição, mesma classificação alcançada na avaliação anterior

O Center for World University Ranking (CWUR) divulgou seu mais recente balanço sobre as universidades a partir de uma abordagem quantitativa nos rankings universitários mundiais, que procura medir a qualidade do ensino, assim como o prestígio dos docentes e a qualidade de sua pesquisa sem depender de levantamentos ou submissão de dados por parte das instituições.

O acompanhamento da série histórica demonstra que a participação da UFRGS vem sofrendo oscilações ao longo do tempo, e sua melhor classificação absoluta, em termos mundiais, ocorreu na edição 2018/2019. Porém, quando se observa a relação com o total de IES classificadas, a melhor posição institucional relativa ocorreu no período 2020/2021, quando ficou entre as 22,70% melhores do mundo.

Em termos mundiais, a UFRGS ocupa a 461ª posição no ordenamento liderado pela Universidade de Harvard. Em relação às instituições latino-americanas, no ranking deste ano, ficou em nono lugar, com a primeira posição na região sendo ocupada pela USP. Entre as brasileiras, conquistou o quinto lugar, mantendo-se no grupo das 8,93% melhores do país desde o período de 2021/2022.

De acordo com a secretária de Avaliação Institucional Soraya Tanure, em relação aos requisitos desse ranking específico, o desempenho da UFRGS se deve ao corpo docente extremamente qualificado – uma vez que a quase totalidade dos professores possui doutorado e se dedica exclusivamente ao ensino, pesquisa e extensão – e aos bons índices de publicação em revistas de alto impacto.

Esses e outros dados foram atualizados pela equipe da Secretaria de Avaliação Institucional (SAI) e podem ser conferidos no painel da qualidade.


O que é e como funciona o CWUR


O CWUR é um ranking privado desenvolvido por uma empresa sediada nos Emirados Árabes Unidos, que fornece consultoria política, insights estratégicos e serviços de consultoria para governos e universidades a fim de melhorar os resultados educacionais e de pesquisa.

Utiliza-se de sete indicadores, agrupados em quatro áreas para classificar as universidades do mundo: Qualidade da educação, medida pelo número de ex-alunos que conquistaram importantes distinções acadêmicas em relação ao tamanho da instituição (25%); Emprego de ex-alunos, mensurado pelo número de ex-alunos que ocuparam cargos executivos nas maiores empresas do mundo em relação ao tamanho da universidade (25%); Qualidade do corpo docente, estimada pelo número de membros do corpo docente que ganharam grandes distinções acadêmicas (10%); Desempenho em Pesquisa, área que engloba quatro subgrupos: resultados de pesquisa, calculados pelo número total de artigos de pesquisa (10%); publicações de alta qualidade, aferidas conforme o número de artigos de pesquisa que aparecem em revistas de primeira linha (10%); influência, avaliada pelo número de artigos científicos que aparecem em revistas altamente influentes (10%); e, Citações, determinadas pelo número de artigos científicos altamente citados (10%).

A categorização é realizada desde 2012, porém as duas primeiras publicações estavam restritas aos 100 primeiros classificados. Assim, pode-se considerar que a UFRGS apenas começou a compor o ranking a partir de 2014.

Fonte: Site da UFRGS, 25/04/2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.