Ufrgs mantém 8ª posição do país em ranking mundial

Outras três universidades gaúchas tiveram destaque “QS World University Ranking 2023”

Ufrgs está entre as 35 brasileiras neste ranking recente, na faixa de posição 751-800 | Foto: Secom / Divulgação / CP

Pelo 3º ano seguido, a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) registra a 8ª melhor colocação entre as instituições de Ensino Superior brasileiras no QS World University Ranking 2023, que foi divulgado nesta semana. “Para a Universidade, o mais importante é a manutenção da nossa qualidade. Nesse sentido, posso citar cinco pilares: ensino, pesquisa, extensão, inovação e gestão universitária, que regem a manutenção da melhoria dos nossos processos de trabalho”, explica a secretária de Avaliação Institucional da Ufrgs, Soraya Tanure.

Apesar de a Universidade não trabalhar para rankings, Soraya acredita que esses medidores podem servir de diagnóstico das variáveis que não estão bem, e para dedicação a estratégias que podem melhorar.

“Um dos pontos que a Ufrgs é bem cotada é a reputação acadêmica e o novo indicador que trata do quanto nós podemos nos relacionar com outras instituições de pesquisa.” A professora acrescenta o novo indicador do ranking, que é empregabilidade, ressaltando que os “egressos são muito bem acolhidos pelo mercado de trabalho, com qualidades técnicas adaptadas à realidade atual. Por isso é necessária essa atualização constante”. Segundo Soraya, as universidades, especialmente as públicas, “precisam, obrigatoriamente, realizar pesquisa que contribua e que melhore a qualidade de vida da comunidade”.

A Ufrgs está entre as 35 brasileiras neste ranking recente, na faixa de posição 751-800, sendo a melhor universidade da Região Sul. As outras são: Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS), e Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Em nível nacional, a Universidade de São Paulo (USP) é a 1ª. O relatório da QS incluiu cerca de 1,5 mil universidades de todo o mundo.

Destaques gaúchos por fixa de posição no ranking:
• Ufrgs: 751-800
• UFPel: 1.001-1.200
• PUCRS: 1.201-1.400
• UFSM: 1.201-1.400

Ciência da Vida e Medicina em alta

Cerca de 1,5 mil universidades do mundo foram avaliadas nos quesitos: reputação acadêmica, e dos empregadores; proporção de docentes por estudantes; citações dos docentes; proporção de alunos estrangeiros, e do corpo docente internacional. São instituições de Ensino Superior que integram o QS World University Ranking 2023, recém divulgado. Foram avaliadas 32 instituições brasileiras, em relação a 51 cursos.

Cerca de 1,5 mil universidades do mundo foram avaliadas nos quesitos: reputação acadêmica, e dos empregadores; proporção de docentes por estudantes; citações dos docentes; proporção de alunos estrangeiros, e do corpo docente internacional. São instituições de Ensino Superior que integram o QS World University Ranking 2023, recém divulgado. Foram avaliadas 32 instituições brasileiras, em relação a 51 cursos.

Na Ufrgs, os destaques foram os resultados em Ciências da Vida e Medicina (272 posição geral; e 4, no país) e Artes e Humanidades (395, geral; e 5, no Brasil). No mundo, as melhores são: Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT, EUA), Universidade de Cambridge (Reino Unido) e Universidade de Stanford (EUA).

A secretária de Avaliação Institucional da Ufrgs, Soraya Tanure, participa da conferência EduData Summit, em Nova Iorque (EUA), promovida pela QS Ranking, com foco em ciência de dados e em como podem auxiliar na tomada de decisões e mudança de sistema educacional. “No evento, estou tendo contato com outras universidades do mundo, para que possamos manter a internacionalização da Ufrgs em alta, com bom intercâmbio, tanto entre alunos quanto professores”, salienta.

Fonte: Correio do Povo, 11/12/2022

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.