- A não devolução de item emprestado até a data prevista implicará na criação de débito junto à Biblioteca.

- A taxa por atraso é de R$ 1,00 por item e dia de atraso para o acervo geral, e R$ 1,00 por item e hora de atraso para obras de referência e de consulta local.

- O valor de R$ 1,00 por atraso na devolução é estabelecido pela Portaria nº 4.883, de 13 de setembro de 2012.

- Sábados, domingos e feriados são considerados na contagem da taxa, não cabendo seu abono. Logo, o atraso na devolução de um livro que deveria ter ocorrido em uma sexta-feira, mas ocorreu na segunda-feira, gerará um débito de R$ 3,00 (sábado, domingo e segunda-feira).

- O item em atraso deve ser devolvido o mais rápido possível à Biblioteca. Apenas após a devolução do item será possível realizar a quitação do débito gerado pelo atraso.

- A não devolução de item em atraso impossibilita o empréstimo de novos itens e a renovação de todos os demais itens que estejam com o usuário.

- A existência de débito ainda não quitado não impossibilita o empréstimo e a renovação, desde que o valor do débito não exceda R$ 5,00.

- A quitação do débito junto à Biblioteca só pode ser feita mediante a geração de uma Guia de Recolhimento da União (GRU) através do SABi, na opção Renovação/Débitos. Veja aqui um tutorial que explica passo a passo a geração da GRU.

- A GRU só pode ser gerada após a devolução do item que gerou o débito.

- A GRU deve ser gerada apenas pelo SABi.

- Em até 48 horas após o pagamento da GRU o débito será quitado automaticamente, desde que a GRU tenha sido gerada pelo SABi.

- Em caso de urgência por parte do usuário, a quitação do débito pode ser feita logo após o pagamento. Para tanto é necessário apresentar a GRU e o comprovante de pagamento na Biblioteca, pessoalmente ou via e-mail.

- Se enviados por e-mail, tanto a GRU quanto o comprovante devem estar na íntegra e completamente legíveis.

- Não é aceito comprovante de agendamento, apenas comprovante de pagamento.

- O débito só pode ser quitado na biblioteca onde foi criado. Portanto, não é possível para a Biblioteca do Instituto de Artes dar baixa em débito contraído junto a outra biblioteca da UFRGS.