Ucranianos no PR

ANDREAZZA, Maria Luiza. O impacto da imigração no sistema familiar: o caso dos ucranianos de Antonio Olinto, PR. História Unisinos. 11(1):28-39, Janeiro/Abril 2007.

ANDREAZZA, Maria Luiza. Paraíso das delícias: estudo de um grupo imigrante ucraniano: 1895-1995. Tese (doutorado) – Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em História. Curitiba, 1996. [editado por Aos Quatro Ventos, 1999].

ANDREAZZA, Maria Luiza. Sobre regimes demográficos restritos: comportamento reprodutivo e cultura familiar entre os ucranianos no meio rural paranaense (1895-1980). Revista Brasileira de Estudos Populacionais, São Paulo, v. 25, n. 1, p. 71-89, jan./jun. 2008.

BABBAR, Lara Janek. Características, transformações e adaptações da música religiosa ucraniana no Paraná. Dissertação (Mestrado em Música) – Universidade Federal do Paraná. 2008.

BATISTA, Fábio Domingos. Igrejas ucranianas: arquitetura da imigração no Paraná. Curitiba: Instituto Arquibrasil, 2009.

BORUSZENKO, O. A imigração ucraniana. WIRTSCHAFTSKRÄFT UND WIRTSCHAFTSWEGE. Klett-Cotta: München, 1981. p 758-774.

BORUSZENKO, O. Os ucranianos. Boletim Informativo da Casa Romário Martins. v. 22, 1981

BORUSZENKO, O. Integratzia ukkraintziv u Brazylii. München. 1972. Tese (Doutorado). Ukrainishe Freie Universität.

BURKO, V. A imigração ucraniana no Brasil. Curitiba: Gráfica da OSBM, 1963.

CANEJO, Monica. Prudentopolis, a Ucrânia que adotou o Brasil. Os Caminhos da Terra, São Paulo, v. 12, n. 148, p. 24-31, ago. 2004.

COSTA, Lourenço Resende da. Manifestações de poder e identidade em torno da lingua ucraniana em Prudentopolis. Dissertação (Mestrado em História) – Universidade Estadual do Centro-Oeste. 2013.

GARIN, Leonardo Podolano. Imigração Ucraniana em Curitiba. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) – Universidade Federal do Paraná. 2010.

GUERIOS, Paulo Renato Memória, identidade e religião entre imigrantes rutenos e seus descendentes no Paraná. Tese de doutorado em Antropologia Social. Museu Nacional. Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). 2007. [Editado como A imigração ucraniana ao Paraná: memória, identidade e religião. 1. ed. Curitiba: Editora da UFPR, 2012.]

GUÉRIOS, Paulo Renato. As condições sociais de produção das lembranças entre imigrantes ucranianos. In: Mana. Rio de Janeiro, v. 14, n. 2, out. 2008, p. 367-398. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/mana/v14n2/a04v14n2.pdf

GUÉRIOS, Paulo R. A presença da música sacra na vida cotidiana dos descendentes de ucranianos de Prudentópolis-PR. Música & Cultura (Salvador. Online), v. 5, p. 1-10, 2010.

GLUCHOWSKI, Kazimierz. Os poloneses no Brasil: subsídios para o problema da colonização polonesa no Brasil. Porto Alegre: Rodycz & Ordakowski Editores, 2005 [1927].

HANEIKO, Valdemiro. Em defesa de uma cultura. Rio de Janeiro: Cobrag, 1974.

HANICZ, Teodoro. Ucranianos no Paraná. Boletim do Instituto Histórico e Geográfico do Paraná. v. LIV, 2003, p. 327-332.

HANICZ, Teodoro. Rito, religião e identidade: estudo de uma colônia ucraniana no Paraná. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião), Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 1996.

HORBATIUK, Paulo. Imigração ucraniana no Paraná. Porto União: UNIPORTO, 1989.

HORBATIUK, Paulo. Imigração ucraniana no Paraná. 1989.  [Originalmente apresentada como dissertação de mestrado na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, 1983, sob o titulo “A Colonia ucraniana de Mallet, União da Vitoria, PR”]

JACUMASSO, Tadinei Daniel. DAMKE, Ciro. Aspectos da imigração ucraniana para o Brasil: as (a)diversidades na região centro-sul do Paraná. Travessias. Programa de Pós-Graduação em Letras: Linguagem e Sociedade. UNIOESTE. v. 3, n. 3. 2009.

LAROCCA JUNIOR, Joel; LIMA, Clarissa de Almeida; LAROCCA, Pier Luigi. Casa eslavo-paranaense: arquitetura de madeira dos colonos poloneses e ucranianos do sul do Paraná. Ponta Grossa (PR): Larocca Associados, 2008.

LOBO, Andréa Maria Carneiro. Memória e produção de conhecimento histórico: a experiência de imigrantes ucranianos e seus descendentes em São José dos Pinhais através da história oral. Monografia. Universidade Federal do Paraná, Setor de Educação. Curitiba, 2000.

OLIVEIRA, Isabella Cristina do Rosário. Das pêssankas: um exercício etnográfico sobre a comunidade ucraniana em Curitiba. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Ciências Sociais) – Universidade Federal do Paraná. 2013.

OLIVEIRA, Pedro Alves. Ucranianos na Europa e no Brasil: uma história camponesa. Dissertação de Mestrado em História. Universidade de Passo Fundo. 2008.

OLIVEIRA, Pedro Alves de Ucranianos na Europa e no Brasil: uma história camponesa. Professare. Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP). Caçador, SC. v. 1, n. 01. 2012. Disponível em http://www.uniarp.edu.br/periodicos/index.php/professare/issue/view/1.

RAMOS, Odinei Fabiano. Ucranianos, poloneses e brasileiros: fronteiras étnicas e identitárias em Prudentópolis-Pr. Unisinos. São Leopoldo, 2006.

RENK, Valquiria Elita. Aprendi falar português na escola! O processo de nacionalização das escolas étnicas polonesas e ucranianas no Paraná. Dissertação (mestrado)- Universidade Federal do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Educação. Curitiba, 2009. Disponível em: http://hdl.handle.net/1884/22024.

SCHINEIDER, Cionara. Os rituais do Ciclo Natalino. A identidade renovada entre os camponeses ucraíno-brasileiros. UNB. Brasília, 2002.

WOUK, Miguel. Estudo etnografico-linguistico da comunidade ucraina de Dorizon. Curitiba: Industria Graf. Projeto: Secretaria do Estado da Cultura e do Esporte, 1981.