Açorianos e Portugueses em SC

BARROSO, Véra Lucia Maciel (org.). Açorianos no Brasil: história, memória, genealogia e historiografia. Porto Alegre: EST, 2002.

BERETTA, Adriana. Ser ou não ser açoriano: um estudo sobre a construção da açorianeidade na historiografia catarinense na década de 1940. Monografia (especialização) – Universidade do Estado de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Curso de Especialização em História Social no Ensino Fundamental e Médio. Florianópolis, 1999.

BERTOLINI, Honório. Marejada: festa portuguesa e do pescado em Santa Catarina. In: Alcance, Itajaí, v. 4, n. 0, p. 63-70, jun. 1997.

CABRAL, Oswaldo R. Assuntos insulanos: contribuição ao estudo do povoamento de Santa Catarina pelos casais açorianos e madeirense. Florianópolis: Prefeitura Municipal, 1948.

CABRAL, Oswaldo R. Os açorianos 1903-1978. Florianópolis: Imprensa Oficial, 1951.

CARDOSO, Daniela Eilert. Mitos e crenças de descendentes de açorianos na ilha de Santa Catarina: um estudo sobre sujeitos, algumas expressões culturais e seus movimentos. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Psicologia. Florianópolis, 2001.

CARDOSO, Jaqueline Henrique. Políticas de turismo, patrimonialização e tensões identitárias: Santo Antônio de Lisboa (Florianópolis, SC), 1966-2012. Dissertação de Mestrado em História. Universidade do Estado de Santa Catarina. 2013.

CARUSO, Mariléa Martins Leal; CARUSO, Raimundo C. Imigrantes 1748-1900: viagens que descobriram Santa Catarina. Tubarão: Ed. UNISUL, 2007.

CARUSO, Marilea Martins Leal; CARUSO, Raimundo C. Mares e longínquos povos dos açores. Florianópolis: Insular, 1995.

CARUSO, Raimundo C. FranKlin Cascaes: vida e arte, e a colonização açoriana. 2 ed.  Florianópolis, SC: Ed. da UFSC, 1989.

CARUSO, Raimundo C.; CARUSO, Marilea Martins Leal. Vida e cultura açoriana em Santa Catarina. Florianópolis: Cultura Catarinense, 1997.

CORRÊA, Carlos Humberto P. (org.). Anais do Simpósio Comemorativo ao Cinquentenário do 1º Congresso de História Catarinense e 250 anos de presença açoriana em SC [1998]. Florianópolis: IHGSC/CAPES-MEC, 1998.

COUTINHO, Ana Lúcia; RUDIGER, Catarina. Florianópolis: Ilha Açoriana. Florianópolis: Mares do Sul, 1998.

D’AVILA, Edison. Um açoriano “tardio” na história de Itajaí: Manoel António Fontes, sua contribuição ao progresso social e político da cidade. Ponta Delgada: Universidade dos Açores, 1999.

FARIAS, Vilson Francisco de. De São José aos Açores: 252 anos em busca das raízes. Florianópolis: Ed. do Autor, 2002.

FARIAS, Vilson Francisco de. Dos Açores ao Brasil meridional uma viagem no tempo: 500 anos litoral catarinense. Florianópolis: Ed. do Autor, 2000.

FERREIRA, Sergio Luiz. Nós não somos de origem: populares de ascendência açoriana e africana numa freguesia do sul do Brasil (1780-1960). Tese (Doutorado)- Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em História. Florianópolis, 2006.

FLORES, Maria B. Ramos. A Invenção da Açorianidade. Cadernos do Noroeste, Braga/Portugal, v. 11, n.1, p. 125-148, 1998.

FLORES, Maria B. Ramos. Povoadores da fronteira: Os casais açorianos rumo ao sul do Brasil. 1. ed. Florianópolis: Ed da UFSC, 2000. v. 1. 84p

FLORES, Maria B. Ramos; SERPA, Élio Cantalício. Os açorianos na história e na literatura de Santa Catarina (raça, nacionalismo e poder). Alcance (UNIVALI), Itajaí, n.6, p. 43-58, 2001.

LACERDA, Eugenio Pascele. O atlântico açoriano: uma antropologia dos contextos globais e locais da açorianidade. Tese (Doutorado)- Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social. Florianópolis, 2003.

LEAL, João. Açores, EUA, Brasil: imigração e etnicidade. [s.l]: Ed Nova Gráfica, 2007.

LUZ, Sergio Ribeiro da. Nossa Senhora da Lapa do Ribeirão da Ilha e sua população: 1810-1930. Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciencias Humanas. Florianópolis, 1994.

PACHECO, Joel. Florianópolis: a 10ª Ilha dos Açores. O encontro das origens. Florianópolis: CREA/SC, Tractebel, 2004.

PEREIRA, Nereu do Vale. Contributo açoriano para a construção do mosaico cultural catarinense: coletânea de trabalhos do autor versando a presença do português açoriano na Ilha de Santa Catarina. Florianópolis: Papa-Livro, 2003.

PIAZZA Walter F. A epopéia açorico-madeirense (1747-1756). Florianópolis, SC: Ed. da UFSC: Ed. Lunardelli, 1992.

PIAZZA Walter F.; MELO, Osvaldo Ferreira de. A epopéia açoriana: 1748/1756. Florianópolis, SC: Conselho Estadual de Cultura, 1987.

PIAZZA, Walter F. A grande migração açoriana de 1748/1756. Florianópolis: [s.n.], 1982.

RAMOS, Graziela Regina Moreira. A influência açoriana na cultura catarinense. In: Dynamis: Revista Tecno-Científica. Blumenau vol.6, n.23(abr./jun.1998). p. 181-198.

SEVERINO, José Roberto. Itajaí e a identidade açoriana: a maquiagem possível.  Dissertação (Mestrado)- Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas. Florianópolis, 1998.

SOUZA, Sara Regina Silveira de. A presença portuguesa na arquitetura da ilha de Santa Catarina: séculos XVIII e XIX. Florianópolis: FCC, 1981.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA. Anais da segunda Semana de Estudos Açorianos. Florianópolis: Ed. da UFSC, [1987] 1989.

VIEIRA, Telmo Pedroso. A transformação da cultura de base açoriana catarinense através do desenvolvimento da pesca e do turismo: um estudo antropológico. Tese (Doutorado) – Universidade de Salamanca. Instituto de Estudios de Iberoamérica i Portugal. Programa de Doctorado Interuniversitario Antropologia de Iberoamérica. Salamanca (ES), 2008.